13:44 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 36
    Nos siga no

    Quatro bombardeiros estratégicos B-52 implantados na Base Aérea dos EUA Minot, no estado de Dakota do Norte, realizaram nesta quarta-feira (3) uma missão de treinamento de longo alcance voando para a Europa através do Ártico.

    Aeronaves B-52 Stratofortress da 5ª Ala de Bombardeiros conduziram treinamento com caças F-16 e F-35 da Força Aérea da Noruega durante a missão da Força-Tarefa de Bombardeiros, informaram em comunicado os comandos da Força Aérea dos EUA na Europa e na África.

    Informa-se que os aviões sobrevoaram o oceano Ártico e o mar de Laptev ao largo da costa norte da Sibéria.

    ​Hoje [3], [caças] F-35 e F-16 da Noruega treinaram junto com [bombardeiros] B-52 Stratofortress dos EUA no espaço aéreo internacional perto do condado de Finnmark, no norte da Noruega.

    "O Ártico é uma região estratégica com uma crescente importância geopolítica e global, e estas missões da Força-Tarefa de Bombardeiros demonstram o compromisso com os nossos parceiros e aliados e a nossa capacidade de dissuadir, assegurar e defender juntos em um ambiente cada vez mais complexo", disse no comunicado o comandante da Força Aérea dos EUA na Europa, Jeff Harrigian.

    "A integração dos nossos bombardeiros em toda a Europa e no Ártico é fundamental para reforçar a segurança regional", ressaltou Harrigian, aponta portal Defense News.

    Durante seu percurso os bombardeiros estratégicos B-52 foram reabastecidos por aeronaves KC-135 da Força Aérea dos EUA posicionados em uma base britânica.

    Anteriormente dois bombardeiros norte-americanos B-1 realizaram a primeira operação estratégica de longo alcance na região nórdica durante um exercício, incluindo treinamento de apoio aéreo próximo com a Força Aérea da Suécia.

    Mais:

    B-52 perde parte da fuselagem em voo durante homenagem a médicos e enfermeiros nos EUA
    Bombardeiros estratégicos russos Tu-95 rompem defesa antiaérea do 'adversário' (VÍDEO)
    Força Aérea dos EUA revela novos detalhes sobre o avançado bombardeiro furtivo B-21
    Tags:
    força-tarefa, F-35, Força Aérea dos EUA, Noruega, oceano Ártico, bombardeiro estratégico, B-52
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar