16:39 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5481
    Nos siga no

    Militares russos experimentaram a eficácia dos fuzis de precisão de grande calibre Kord em exercícios militares, particularmente contra alvos aéreos a mais de um quilômetro de distância.

    Atiradores russos do Distrito Militar do Leste participaram de exercícios nos quais testaram a pontaria de seus fuzis Kord de grande calibre. Normalmente, essas armas de fogo são usadas para aniquilar outros franco-atiradores escondidos atrás de obstáculos.

    No entanto, os militares russos desenvolveram uma tática para usar esses fuzis para combater alvos aéreos, como drones e helicópteros inimigos. Os fuzis de precisão Kord mostraram maior eficácia na eliminação de alvos a mais de um quilômetro de distância.

    Com base na experiência adquirida nos conflitos armados contemporâneos, esta é a distância ideal, pois possibilita a neutralização de veículos aéreos não tripulados e outras aeronaves inimigas que raramente entram na área de alcance das armas usadas pelos soldados. A nova tática deve ser testada em larga escala durante as manobras planejadas para junho.

    Além disso, os atiradores foram treinados para se moverem em um ambiente hostil, escolherem sua posição e camuflagem apropriada, prestando maior atenção aos métodos de camuflagem contra os meios de detecção por imagem térmica. Os militares russos também realizaram o reconhecimento de alvos potenciais e os classificaram de acordo com sua importância estratégica.

    O fuzil Kord faz parte do sistema 6S8 Kord, produzido pela fábrica de Degtyarev. Pode usar tanto os cartuchos comuns de 12,7 milímetros designados para metralhadoras, como os que foram especialmente desenvolvidos para esta arma. O Ministério da Defesa russo colocou-o em serviço em 2013.

    Graças a um novo formato chamado de bullpup, foi possível encurtar o comprimento do fuzil para 1,42 metro. A arma pesa 12,5 quilos, sem incluir o peso de seus cartuchos e ferramentas de mira. Com um alcance máximo de 1.500 metros, os cinco projéteis que cabem no carregador da arma são capazes de perfurar a proteção de equipamentos com blindagem ligeira.

    Mais:

    Exército da Rússia receberá brevemente mísseis e bombas aéreas de próxima geração
    Novo tanque russo T-90M realiza testes bem-sucedidos de combate
    Tanque T-90M deve integrar em breve a linha de frente do Exército russo
    Tags:
    Ministério da Defesa, Ministério da Defesa (Rússia), Rússia, Distrito Militar do Leste
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar