15:04 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    269
    Nos siga no

    A Força Aérea dos EUA estaria transformando os bombardeiros supersônicos B-1B Lancer em um "caminhão de mísseis" no Pacífico, entretanto um terço da frota está sendo aposentada devido ao desgaste.

    Após modernizações, o B-1B Lancer pode transportar muitos dos novos mísseis do Pentágono, tornando-se um instrumento para projeção do poder naval no oceano Pacífico, onde os EUA tentam enfrentar a ascensão da China como potência naval.

    Em comentário ao portal Military.com, o major-general Jim Dawkins Jr., comandante da Oitava Força Aérea, afirmou que a vantagem do B-1 é poder transportar mísseis antinavio de longo alcance, o que seria perfeito para o atual cenário no Pacífico.

    "Não estamos apenas redefinindo as taxas de capacidade de missão da aeronave, mas também a forma como empregamos a aeronave para elevar a competição de grande potência para se alinhar com a Estratégia de Defesa Nacional", acrescentou.

    O bombardeiro norte-americano pode transportar 40 mísseis, sendo 31 mísseis hipersônicos, que viajam a velocidades superiores a Mach 5. Além dos mísseis de longo alcance antinavio LRASM, com alcance de até 370 quilômetros, e o AGM-84 Harpoon, com alcance de 312 quilômetros.

    A Marinha norte-americana foi superada pela Marinha chinesa há tempo, com isso o Pentágono, prevendo um conflito contra a China em alto mar, estaria se esforçando para desenvolver mísseis de longo alcance, além de modernizar seus atuais equipamentos.

    Bombardeiro B-1B da Força Aérea dos EUA
    Bombardeiro B-1B da Força Aérea dos EUA

    Entretanto, a Força Aérea dos EUA conta com uma frota envelhecida de 61 bombardeiros Lancer, que já sofreram sérios problemas de prontidão e desgaste intenso devido ao uso indevido.

    Atualmente, os EUA estão aposentando 17 aeronaves em situação precária, além de redirecionarem o restante como transportadores de mísseis de longo alcance.

    Mais:

    Bombardeiros B-1B dos EUA participam de exercícios de tiro perto da fronteira russa (FOTOS)
    Bombardeiros dos EUA sobrevoam região disputada por Pequim no mar do Sul da China (FOTOS)
    VÍDEO mostra voo rasante de bombardeiros Tu-22M3 na Rússia
    Tags:
    bombardeiro estratégico, bombardeiro supersônico, bombardeiros, Bombardeiro, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar