20:50 01 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    541
    Nos siga no

    Marinha Real britânica iniciou uma investigação após vazamento de água no navio de guerra HMS Prince of Wales ter provocado uma grave inundação.

    De acordo com informações, o vazamento de água no porta-aviões aconteceu na sexta-feira (15), enquanto o navio se encontrava atracado na Base Naval de Portsmouth.

    No vídeo compartilhado nas redes sociais, dá para ver água jorrando pelo teto de um cômodo inteiro do navio de guerra que custa US$ 3,6 bilhões (R$ 21 bilhões). O nível de água quase atingiu a altura dos assentos.

    "Na sequência de um pequeno problema no sistema interno do HMS Price of Wales, a tripulação foi obrigada a remover uma pequena quantidade de água do navio", declarou um porta-voz da Marinha Real britânica, acrescentando que foi "iniciada uma investigação relacionada à causa do ocorrido e que o incidente não afetará o programa do navio", relata Daily Mail.

    No porta-aviões HMS Prince of Wales foram testados recentemente sistemas de segurança, incluindo a instalação de jangadas salva-vidas e rampas de emergência.

    Não é a primeira vez que os porta-aviões da Marinha britânica sofrem problemas parecidos. Em julho de 2019, o HMS Queen Elizabeth foi inundado por água, o que fez com que o principal navio da Marinha britânica interrompesse exercícios no mar, que deveriam durar cinco semanas, e regressasse para o porto de Portsmouth.

    Anteriormente, o HMS Queen Elizabeth sofreu inúmeros problemas, incluindo uma entrada de água pelo retentor do eixo da hélice, que alegadamente causou inundações no navio, e o acionamento acidental do sistema de incêndio enquanto estava no hangar.

    Mais:

    Submarino da Marinha Real britânica estaria pronto para atacar Irã se guerra eclodir
    Marinha Real britânica planeja frota de navios-robô 'matadores' que agem sozinhos
    Marinha Real britânica lança novíssimo submarino nuclear com torpedos e mísseis (FOTO)
    Tags:
    incidente, Marinha Real britânica, porta-aviões, vazamento, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar