11:00 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6602
    Nos siga no

    Em declaração direcionada aos oficiais recém-formados das Forças Armadas de seu país, Vladimir Putin anunciou planos da Defesa russa para os próximos anos.

    De acordo com o presidente, o Exército russo deve sempre ser capaz de responder a qualquer ameaça, protegendo a soberania do país e agindo de acordo com os interesses nacionais da Rússia.

    Para atingir tal objetivo, Putin afirmou:

    "Continuaremos a desenvolver e a aperfeiçoar as Forças Armadas. Sejam quais forem as circunstâncias, realizaremos os planos estabelecidos de fortalecimento de todos os ramos das tropas, fornecendo as armas e equipamentos mais avançados, inclusive sistemas estratégicos de [mísseis] hipersônicos de alta precisão, que não possuem análogos no mundo, sistemas de combate automáticos e não tripulados".

    A fala do presidente foi publicada no site do Kremlin.

    Novos exercícios

    Entre os planos do governo para a Defesa do país, Putin ressaltou intensificação do treinamento militar.

    "Gostaria de ressaltar que nos próximos anos será necessário aumentar a intensidade dos exercícios militares, incluindo o treinamento de novas formas de interação entre as tropas durante inspeções surpresa, usando as tecnologias mais avançadas, que determinarão a imagem futura do Exército e da Marinha", acrescentou.

    A mensagem do mandatário russo foi transmitida a propósito do Dia da Vitória na Grande Guerra pela Pátria (parte da Segunda Guerra Mundial, compreendida entre 22 de junho de 1941 e 9 de maio de 1945 e limitada às hostilidades entre a União Soviética e a Alemanha nazista e seus aliados).

    Mais:

    Conheça os duros testes a que os tanques russos T-14 e T-90 são submetidos
    Esquadrilha acrobática russa celebra 29º aniversário com show em caças MiG-29 (VÍDEO)
    Revista norte-americana recorda como EUA 'perderam' submarino russo em 2018
    Tags:
    Defesa, armas hipersônicas, Vladimir Putin, Marinha da Rússia, Exército da Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar