23:55 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1170
    Nos siga no

    A plataforma robotizada multifuncional russa Marker irá em perspectiva receber drones suicidas, disse em entrevista à Sputnik vice-diretor-geral do Fundo de Pesquisas Avançadas (FPA) da Rússia, Vitaly Davydov.

    Davydov explicou que se trata de drones-suicidas que destroem alvos com o impacto do próprio aparelho após identificar a trajetória de deslocação do objeto inimigo.

    "Estamos planejando equipar o Marker com veículos aéreos não tripulados que irão realizar tanto tarefas de reconhecimento como de destruição de alvos inimigos", comentou.

    A plataforma robotizada experimental Marker foi revelada publicamente pela primeira vez em outubro de 2019 em um campo de testes para conjuntos e sistemas robóticos em Magnitogorsk.

    Até o momento já foram criadas duas plataformas de trilhas, semelhantes às de um tanque, equipadas com um módulo unificado de carga útil e um módulo de lançamento de enxame de drones.

    O módulo de drones efetua o lançamento autônomo de um grupo numeroso de veículos aéreos não tripulados, cada um dos quais pode executar tarefas tanto em grupo como individualmente.

    Os engenheiros russos também pretendem armar os robôs com morteiros de 120 milímetros. Na fase atual, eles já podem lançar veículos aéreos não tripulados e granadas.

    Mais:

    VÍDEO mostra drone de vigilância russo voando em condições extremas
    Kalashnikov lança novíssima geração de drones kamikaze (Fotos)
    Militares do Irã recebem 3 novos drones de fabricação nacional (VÍDEO)
    Tags:
    veículo aéreo não tripulado, indústria militar, Rússia, robôs militares, robô de combate, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar