21:29 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6510
    Nos siga no

    As Forças Armadas da Alemanha estudam a substituição dos jatos Tornado, que estão em serviço na Força Aérea do país desde 1983.

    O governo alemão confirmou que a frota de caças-bombardeiros será substituída por Eurofighters e caças F-18 da norte-americana Boeing, enfurecendo o Partido Social- Democrata, revela a AFP.

    O porta-voz do Ministério da Defesa da Alemanha, Arne Collatz-Jogannsen, relatou a jornalistas em Berlim nesta segunda-feira (20) que a decisão oficial será enviada ao Comitê de Defesa do Parlamento "nos próximos dias".

    "Recomendamos uma solução mista, que manteria a indústria militar funcionando na máxima capacidade e, além disso, representaria menos de um terço do total, possivelmente vindo de fornecedores não europeus", afirmou.

    Em entrevista à Sputnik Alemanha, Collatz-Jogannsen afirmou que "no centro das atenções de todos os participantes resta a questão da substituição dos Tornado. Ainda consideramos dois tipos de aviões; F-18 e Eurofighters".

    De acordo com o porta-voz, a ministra da Defesa Annegret Kramp-Karrenbauer comunicou seus planos a seu homólogo norte-americano, Mark Spencer.

    A AFP citou uma fonte anônima como confirmação dos relatos anteriores de que o governo alemão planeja incluir a compra de 90 Eurofighters e 45 jatos Boeing F-18, dos quais 30 serão capazes de carregar bombas nucleares dos EUA.

    A decisão de Kramp-Karrenbauer gerou críticas por parte de membros do Partido Social- Democrata, que formam um governo de coalizão com o partido de Merkel.

    O diretor do Comitê de Defesa do Parlamento, Wolfgang Hellmich, disse ao jornal Sueddeutsche Zeitung que "de qualquer forma, nada foi feito de forma transparente para nós", e "até o momento, não recebemos nada".

    O comunicado vem em um momento em que legisladores do PSD criticam os planos de comprar aeronaves dos EUA para transportar bombas nucleares.

    Durante uma visita a Washington em setembro do ano passado, Kramp-Karrenbauer divulgou que a aeronave que foi escolhida para substituir os Tornado deveria desempenhar o papel duplo da frota envelhecida, ou seja, funcionar como caça e ter a capacidade de transportar bombas nucleares americanas B61.

    Mais:

    Alemanha e França anunciam 'nova geração' de jatos Eurofighter
    Crise militar: maioria dos caças Eurofighter Typhoon da Bundeswehr apresenta deficiências
    Mídia compara aviões da Força Aérea alemã com peça de museu
    Tags:
    Tornado, eurofighter, Força Aérea, Alemanha, defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar