23:36 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7440
    Nos siga no

    Novíssimos sistemas de defesa antiaérea russos S-350 Vityaz melhorarão em quatro vezes capacidade de repelir ataques massivos de mísseis de cruzeiros à Rússia.

    Atualmente, somente uma unidade do armamento foi entregue e encontra-se na Academia de Defesa Aeroespacial Zhukov na cidade russa de Tver.

    Os especialistas estudam o sistema antiaéreo para preparar seus futuros operadores.

    Conforme publicado no portal do Ministério da Defesa da Rússia Krasnaya Zvezda, a plataforma aumenta em quatro vezes a capacidade de neutralizar um ataque massivo com mísseis de cruzeiro.

    Armamento especial

    O S-350 possui cobertura multiangular e agilidade no combate aos seus alvos. Isso se dá devido ao uso de mísseis antiaéreos capazes de se autoguiar.

    Ao se aproximar do alvo, tais mísseis dispensam o auxílio prestado pelos radares do S-350 e perseguem o adversário autonomamente.

    Desta forma, os radares do S-350 ficam livres para perseguir e auxiliar no ataque a outros alvos.

    É sabido que o sistema conta com dois a três radares para tal operação, o que também aumenta a capacidade de sobrevivência do armamento.

    Ao total, o sistema conta com quatro vezes mais mísseis que o S-400, tendo um veículo de comando e controle, radares multifuncionais e duas plataformas de lançamento com 12 mísseis em cada.

    Ao mesmo tempo, o S-350 Vityaz pode disparar contra 16 alvos, lançando dois mísseis contra cada.

    Devido ao seu alto grau tecnológico, o aparelho pode funcionar no regime automático, dispensando a interferência humana.

    Seu computador escolhe a forma como destruir um alvo e realiza tal tarefa mais rápido do que o ser humano. Esta característica é fundamental para repelir ataques massivos quando diversas ameaças aparecem no radar oriundas de diferentes direções.

    Em um dos testes realizados com o sistema, o S-350 foi submetido ao ataque simulado de 24 alvos tipo "avião" ao mesmo tempo, sendo que todos eles foram abatidos sem complicações.

    Mais:

    Especialista militar revela propósito principal do novíssimo sistema antiaéreo S-350 da Rússia
    Turquia pretende comprar mísseis Patriot dos EUA e manter S-400 russos
    Defesa antiaérea síria repele ataque de mísseis israelenses contra Homs, informa SANA (VÍDEOS)
    Tags:
    tecnologia, armamentos, Ministério da Defesa Russo, Rússia, s-400, míssil de cruzeiro, defesa antiaérea, S-350
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar