16:01 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3350
    Nos siga no

    O tanque mais avançado da Rússia, T-14 Armata, passou por testes na Síria, segundo o ministro da Indústria e Comércio russo, Denis Manturov.

    O ministro não forneceu maiores informações sobre as atividades realizadas pelos novos blindados russos, porém confirmou que passaram por testes na Síria.

    "Sim, estiveram na Síria. Os tanques foram enviados ao país para levar em conta todas as particularidades de seu emprego em condições de combate", detalhou.

    Os testes contribuirão para formar a configuração final dos blindados, que devem ser introduzidos no Exército russo em 2021, informou Manturov.

    O ministro também falou sobre o alto custo do blindado, afirmando que o veículo, além de corresponder a um projeto avançado, deve passar por testes contínuos, bem como por mudanças realizadas com base nestes testes.

    Com isso, à medida que os volumes de produção aumentam, o preço por unidade será reduzido.

    Tanque T-14 Armata
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Tanque T-14 Armata

    Após a introdução dos T-14 Armata às forças militares russas, o blindado deverá ser exportado, visto que já há compradores interessados, destacou Manturov.

    O T-14 Armata é o primeiro tanque de terceira geração do mundo. Uma de suas principais características é que a tripulação ocupa uma cápsula blindada, garantindo a máxima proteção, e ninguém fica na torre do veículo, que é operada remotamente.

    Mais:

    Peru moderniza 'tanques-voadores' Su-25 em contrato com a Rússia
    Rússia ocupa 2º e 3º lugares em ranking de melhores tanques do mundo
    National Interest chama tanque russo T-95 de 'pesadelo' para OTAN
    Tags:
    T-14 Armata, Rússia, equipamentos militares, equipamento militar, veículo blindado, tanques, tanque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar