10:44 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2715
    Nos siga no

    Há tempos, a Comunidade de Inteligência dos EUA iniciou o projeto secreto de um drone de reconhecimento experimental, ultrassilencioso e de alta eficiência.

    Quase 10 anos depois, foram revelados os primeiros detalhes do XRQ-72A, também chamado de Great Horned Owl.

    Desenvolvido pela Scaled Composites, uma subsidiária da Northrop Grumman, o drone é uma aeronave não tripulada que possui uma envergadura de asa de aproximadamente 9,14 metros e comprimento do nariz até a ponta das asas de 3,41 metros. Além disso, ele tem 1,22 metros de altura, segundo o portal The Drive.

    Apesar das informações, o peso do drone é desconhecido. Entretanto, um documento do Laboratório de Pesquisa da Força Aérea (AFRL na sigla em inglês) dos EUA, citado pelo The Drive, afirma que a aeronave pesa entre 136 e 181 quilos.

    Além disso, especula-se que o drone construído com materiais compostos, também pode possuir características furtivas. Já o silencioso mecanismo, que o AFRL espera desenvolver, pode permitir que a aeronave voe até 185 quilômetros por hora sem ultrapassar o nível de ruído de 50 decibéis.

    ​Os esquemas mostram o XRQ-72A equipado com uma típica torre de sensor esférica, com diversos tipos de câmeras de vídeo. A IARPA não mencionou especificamente quais sensores o Great Horned Owl seria capaz de transportar em seu anúncio original de 2011.

    Contudo, a característica mais importante da aeronave é seu sistema de propulsão híbrida, contando com um par de geradores alimentados por combustível localizados dentro da fuselagem central, produzindo eletricidade que alimenta quatro propulsores situados na parte superior da fuselagem, sobre a asa.

    O misterioso drone tem como objetivo inicial explorar tecnologias que possam permitir o desenvolvimento de um avião não tripulado de inteligência, vigilância e reconhecimento muito silencioso e eficiente.

    O calendário do projeto Great Horned Owl ainda é desconhecido. O projeto foi anunciado em 2011 e era esperado que estivesse pronto em junho de 2016. O programa incluía planos para uma segunda fase, incluindo a integração do sistema e testes em terra, e uma terceira fase com testes de voo reais.

    Mais:

    Como coronavírus impacta programas da Força Aérea dos EUA?
    Força Aérea dos EUA pode 'aposentar' bombardeiro B-1B antes do previsto
    Força Aérea dos EUA vai receber novo simulador de treinamento do 'avião do Juízo Final'
    Tags:
    eua, avião espião, espião, reconhecimento, vigilância, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar