21:51 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3382
    Nos siga no

    Munição guiada de artilharia russa Krasnopol é usada contra alvos terroristas na Síria com grande precisão.

    Vídeo feito supostamente de aeronaves não tripuladas mostram a pontaria do projétil atingindo diferentes alvos na Síria.

    Conforme publicou o portal Russkoe Oruzhie, acredita-se que os ataques executados foram feitos com a ajuda de drones.

    Vídeo sem data mostrando drones russos marcando alvos para projéteis de artilharia Krasnopol de 152 mm guiados a laser na Síria.

    Sabe-se que o drone Granat-4, supostamente usado para guiar os projéteis, pode alcançar uma velocidade de cruzeiro de 90 km/h e sua velocidade máxima é de 145 km/h.

    Já seu alcance é de 70 km, podendo realizar seu trabalho entre os 300 e os 2.000 m de altitude.

    Projétil russo de alta precisão Krasnopol.
    Projétil russo de alta precisão Krasnopol.

    Eficácia comprovada pela OTAN

    Ainda segundo uma matéria publicada pelo canal de TV Zvezda em 2018, o equipamento já foi usado em ataques realizados pela OTAN contra o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) no Afeganistão.

    A matéria também ressalta que, em certa ocasião, logo os primeiros projéteis lançados contra os talibãs destruíram quatro bunkers do grupo.

    Sabe-se que os EUA desenvolveram uma munição análoga, o M982 Excalibur, porém, países da OTAN deram preferência ao armamento russo.

    A razão levantada pela mídia para explicar tal aquisição poderia ser seu preço menor que o do concorrente americano.

    Mais:

    Encontradas provas de preparação de ataque químico na cidade síria de Saraqeb (VÍDEO)
    Míssil hipersônico russo Tsirkon tem 2º teste marcado para 2020, revela fonte
    OTAN promete responder à implantação dos sistemas Iskander-M russos dotados com novo míssil
    Tags:
    Talibã, armamento, terroristas, Rússia, Krasnopol, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar