23:20 10 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5410
    Nos siga no

    O caça Su-25 é conhecido como "tanque voador" por sua potente blindagem e suas funções de ataque terrestre; no entanto, o vídeo divulgado mostra que ele também pode combater aeronaves.

    O vídeo publicado nas redes sociais pela emissora russa Zvezda mostra o Su-25 disparando um míssil Vikhr, de alta precisão, para abater um bombardeiro Tu-16 em pleno voo. O fato que mais chama atenção é que o Vikhr é um míssil antitanque.

    A princípio, o projétil é lançado contra um tanque T-62 e a força do impacto é tanta que a torre do tanque sai voando pelos ares.

    Apesar de não ser novidade que esse míssil possa ser utilizado contra alvos aéreos em baixa velocidade e altitude, como helicópteros e aeronaves leves, é provável que essa seja a primeira vez que esse tipo de míssil foi usado com sucesso contra um bombardeiro Tu-16.

    O Vikhr é um projétil pequeno, e por isso, esses mísseis são montados em conjuntos de seis ou oito por ponto de ancoragem. Além do Su-25, eles também são integrados nos helicópteros russos como o Mi-35, Ka-52 ou Ka-50.

    Os mísseis Vikhr são guiados por laser, que por sua vez, é controlado pelo piloto, permitindo efetuar ataques com precisão, inclusive contra alvos em movimento.

    O míssil possui velocidade supersônica (Mach 1.8) e leva apenas 9 segundos para atingir um alvo localizado a 4 km.

    Mais:

    Bombardeiros Tu-22M3 voam sobre mar Negro (VÍDEO)
    Força Aérea dos EUA pode 'aposentar' bombardeiro B-1B antes do previsto
    Caças britânicos são enviados para interceptar bombardeiro russo perto da Escócia
    Tags:
    Rússia, Bombardeiro, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, míssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar