12:13 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4611
    Nos siga no

    O Pentágono está avançando com o projeto de uma nova ogiva nuclear lançada de submarinos, a W93, mas não pode dar ao Congresso quaisquer detalhes sobre o seu custo e capacidades.

    Segundo o almirante Charles Richard, chefe do Comando Estratégico (STRATCOM, na sigla em inglês), a nova ogiva nuclear lançada por submarinos, com nome de W93, está planejada, mas ainda não foi desenvolvida.

    A razão seria a arma não estar ainda desenvolvida, disse o chefe do Comando Estratégico (STRATCOM, na sigla em inglês), almirante Charles Richard.

    "Foi um novo programa de registro. Ainda não foi desenvolvido", disse Richard em uma audiência do Comitê das Forças Armadas da Câmara na quinta-feira (27).

    Richard disse que estava orgulhoso da proposta, que a administração Trump revelou em um pedido orçamentário no dia 10 de fevereiro.

    A dissuasão de ataques estratégicos e a garantia de segurança para a nossa nação e aliados requer modernização, o que continuarei enfatizando na audiência de hoje do Subcomitê de Forças Estratégicas do Comitê de Serviços Armados da Casa.

    Um ativista expressou seu desagrado com o desenvolvimento da nova arma, que diz estar somente alimentando a corrida armamentista. Stephen Young, representante de Washington no Programa de Segurança Global (Global Security Program) na União de Cientistas Preocupados (Union of Concerned Scientists) alertou em uma declaração, também na quinta-feira (27), que a nova ogiva proposta é desnecessária e irá apenas alimentar a corrida armamentista.

    Na semana passada, Richard declarou que o programa para desenvolver a W93, como um substituto para as cada vez mais envelhecidas ogivas atuais lançadas de submarinos, seria uma duplicação de um programa similar no Reino Unido para alargar o período de vida de seu dissuasor nuclear, lançado por submarinos Trident.

    Atualmente, os Estados Unidos estão usando duas ogivas nucleares lançadas por submarinos: a W88 e a W76.

    Mais:

    Pentágono pretende gastar US$ 17 bilhões em modernização de arsenal nuclear
    Mais gastos com defesa, menos gastos sociais: Trump propõe orçamento de US$ 4,8 trilhões para 2021
    EUA apontam Rússia e China como principais ameaças no orçamento da Casa Branca para 2021
    Tags:
    Reino Unido, Donald Trump, Comitê das Forças Armadas do Senado, Pentágono, Congresso, Congresso dos EUA, STRATCOM, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar