11:43 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4301
    Nos siga no

    A revista norte-americana National Interest não considera o J-20 chinês superior ao F-35 dos EUA, mas descreve algumas características, tais como sua tecnologia anti-interferência, que o tornam temível.

    O avião J-20 da China tem certas vantagens relativamente às aeronaves norte-americanas, especialmente no que toca ao alcance de combate, escreve a revista National Interest.

    O novo modelo de avião da Força Aérea do Exército Popular de Libertação da China foi exibido no Show Aéreo de Zhuhai de 2018, sendo elogiado pelo seu desempenho e manobrabilidade.

    O general norte-americano Herbert Carlisle já expressou suas preocupações em 2015, quando se ficou a saber do desenvolvimento do míssil PL-15. "Vejam os nossos adversários e o que eles estão desenvolvendo, coisas como o PL-15 e o alcance dessa arma", expressou.

    O autor do artigo aponta que ainda não se sabe muitos detalhes sobre o novo produto da China, mas há detalhes que se conhecem e que, na opinião dele, são "uma preocupação para os Estados Unidos e alguns de seus aliados regionais".

    Vantagens do avião chinês

    O ponto mais importante indicado é que os mísseis do J-20 são equipados com a mais recente tecnologia anti-interferência. Em contrapartida, os modelos de mísseis norte-americanos AIM-9X e o altamente disseminado AIM-120D estão se tornando cada vez mais vulneráveis a tecnologias de interferência por memória digital de radiofrequência (DRFM, na sigla em inglês).

    Caça chinês J-20, com tecnologia stealth
    © flickr.com / Times Asi
    Caça chinês J-20, com tecnologia stealth

    Também o alcance máximo potencial dos mísseis de longo alcance do J-20, os PL-15, chega a 300 quilômetros. Embora em combate não deva ser possível alcançar tais cifras, isso é muito superior ao valor máximo de 180 quilômetros dos altamente disseminados AIM-120 AMRAAM dos EUA, sendo comparável com o míssil europeu Meteor e o russo K-37M.

    Embora o avião da Força Aérea chinesa não deva ser melhor que o F-35 norte-americano, o J-20 apresenta quatro mísseis PL-15, que superam os do F-35 e do F-22 no alcance, nota a publicação.

    Além disso, ainda que não seja uma tecnologia nova, com a função de mira fora de vista implementada na tela montada no capacete, o piloto pode disparar um míssil infravermelho de curto alcance PL-10 (até 20-22 quilômetros de distância) na direção em que apontar a cabeça, o que aumenta a versatilidade do modelo dessa aeronave militar ainda mais.

    Mais:

    Nas alturas: vídeo exibe voo em formação de caça furtivo F-22
    Caças F-16 devem receber sistemas de radar usados no F-35
    China expande produção dos caças J-20 de 5ª geração, diz mídia
    Tags:
    Meteor, AIM-9X, PL-10, Força Aérea do Exército Popular de Libertação, The National Interest, EUA, China, F-35, F-22, J-20
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar