14:48 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2714
    Nos siga no

    Aeronave U-2 de inteligência militar dos EUA aterrissou na base aérea de Fairford, Reino Unido, sem utilizar seus flaps, executando uma manobra difícil de fazer.

    Com apenas um par de rodas no centro de sua fuselagem e outro par, de rodas menores, na sua parte traseira, o U-2 tem pouso difícil de realizar, até mesmo nas melhores condições.

    Contudo, um U-2 aterrissou na base aérea de Fairford, Reino Unido, sem utilizar seus flaps, peças acopladas às asas do avião para facilitar a sua sustentação durante velocidades baixas, evitando aterrissagens desastrosas.

    Conforme é possível ver no vídeo publicado no YouTube, uma primeira aeronave U-2 realiza um pouso convencional, utilizando os flaps, enquanto a segunda aeronave vai ao chão sem os utilizar.

    Aumentando a velocidade

    Conforme publicou o portal The Drive, ao se aproximar da pista o U-2 parece ter acionado seus motores para aumentar sua velocidade e reduzir o risco de brusca queda.

    Além do mais, em comparação com o primeiro U-2, o segundo levou mais tempo para completar o pouso.

    Avião espião

    Desenvolvido ainda na década de 50, o U-2, apelidado de Dragon Lady (mulher dragão em inglês) foi criado para realizar missões de reconhecimento a grandes altitudes.

    Sua fabricante é a Lockheed Martin e sua produção se deu entre 1955 e 1989.

    Mais:

    China envia caça e bombardeiro para costa de Taiwan (FOTO)
    Aeronave militar paquistanesa cai durante missão de treinamento (VÍDEO)
    Recriadas FOTOS de avião militar dos EUA caído no oceano durante 2ª Guerra Mundial
    Tags:
    aterrissagem, pouso, Reino Unido, EUA, flap, aeronave, U-2
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar