21:05 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4400
    Nos siga no

    Primeira unidade da mais nova fragata russa do projeto 22350, a Admiral Kasatonov, realizou testes finais no mar de Barents.

    Durante a ação, os sistemas de criação de alvos falsos e de interferência passiva de guerra radioeletrônica foram também submetidos a testes. Tais equipamentos foram desenvolvidos para proteger a embarcação de mísseis de alta precisão.

    Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, a fragata Admiral Kasatonov é munida de mísseis antiaéreos Poliment-Redut, mísseis de cruzeiro Kalibr e Oniks, para além de modernos sistemas radioeletrônicos e hidroacústicos.

    Em um vídeo publicado no YouTube é possível ver o navio em ação.

    Era esperado que o navio fosse incorporado à Marinha russa ainda no ano passado.

    Contudo, tempestades no mar de Barents haviam adiado a incorporação.

    O navio deverá ser integrado a uma das unidades de navios de superfície da Frota do Norte da Rússia.

    Construção e design

    A Admiral Kasatonov foi construída no estaleiro naval Severnaya Verf, na cidade russa de São Petersburgo, em 2014.

    As embarcações do projeto 22350 são navios de guerra multifuncionais, capazes de combater navios de superfície, submarinos e aeronaves inimigas, assim como atingir alvos terrestres e costeiros.

    Mais:

    Marinha dos EUA lamenta atraso nas armas hipersônicas em relação à Rússia e China
    Comandante traz à tona metas da Marinha russa na Antártica
    'Marinha dos EUA deve estar preocupada' com novos submarinos russos, diz National Interest
    Tags:
    São Petersburgo, Frota do Norte, Rússia, poderio bélico, fragata Admiral Kasatonov, fragata, Marinha da Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar