15:52 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4310
    Nos siga no

    A revista norte-americana National Interest revelou que o sistema russo de mísseis costeiro Bastion-P poderia se tornar um "verdadeiro assassino" para os adversários da Rússia.

    Segundo o artigo, o sistema de mísseis permite efetivamente a criação de zonas de restrição de acesso e de manobra (A2/AD), o que é de grande preocupação no exterior.

    A edição comenta que um complexo russo com mísseis supersônicos antinavio é capaz de proteger a costa do mar Báltico, enquanto os mesmos sistemas instalados na Crimeia nas ilhas Curilas podem bloquear, respectivamente, qualquer atividade naval no estreito do Bósforo e na área da ilha japonesa de Hokkaido.

    Ao mesmo tempo, segundo o artigo, o sistema de mísseis costeiro Bastion é utilizado exclusivamente para proteger determinadas áreas-chave.

    Proteção costeira

    "A doutrina russa não procura maximizar a cobertura geográfica dos seus chamados sistemas A2/AD, mas sim concentrá-los em áreas críticas, ao mesmo tempo que alavanca as capacidades de longo alcance para apoiar seletivamente conceitos operacionais ofensivos e defensivos", de acordo com o analista de segurança Michael Kofman, citado pelo revista.

    A revista observa que a defesa costeira também está equipada com veículos de transporte e carregamento K-342P, lançadores automotores K-340P sobre chassis MZKT-7930, com uma tripulação de três pessoas.

    Graças aos mísseis P-800 Oniks, o complexo oferece proteção a uma região costeira com mais de 600 quilômetros de comprimento, e a implantação em posições de combate leva cinco minutos.

    "A alta velocidade dos Oniks torna extremamente difícil interceptá-los na fase final da trajetória de voo, e a sua ogiva de 200 a 250 quilos pode infligir danos devastadores mesmo a um grande navio de guerra", ressalta a revista.

    Mais:

    Frota do Pacífico russa mostra VÍDEO de sistema Bastion disparando mísseis supersônicos Oniks
    Especialista militar avalia capacidades do sistema de defesa costeira Bastion
    Rússia usará pela 1ª vez Bastion com mísseis supersônicos no Ártico
    Tags:
    P-800 Oniks, Oniks, Crimeia, sistema de defesa costeira, Bastion, The National Interest
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar