12:28 02 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    55656
    Nos siga no

    Empresa norte-americana publicou vídeo no qual é destruído um sistema de defesa antiaérea parecido com o S-400 russo. De acordo com analista militar, quando os EUA não são capazes de concorrer, recorrem a propaganda enganosa.

    A empresa norte-americana Bell Flight (Bell Helicopter) publicou um vídeo, no qual o seu novo helicóptero de combate Bell 360 Invictus destrói sistemas de defesa antiaérea semelhantes aos S-400, de fabricação russa.

    O vídeo foi publicado no canal oficial da empresa no YouTube: o helicóptero voa sobre terreno montanhoso, lança uma barragem de projéteis e depois desce até uma área de floresta. Com ajuda de um sistema televisivo de pontaria, o helicóptero direciona suas munições para uma coluna militar que inclui sistemas antiaéreos similares aos S-400 Triumph, produzidos na Rússia. Após o suposto ataque, ficam destruídos dois lançadores e uma estação de radar.

    O serviço russo da Rádio Sputnik conversou com o especialista militar e diretor do Centro de Estudos de Questões Sociais Aplicadas de Segurança Nacional, Aleksandr Zhilin, que comentou a publicação do vídeo pela empresa dos EUA.

    "Os EUA recorrem cada vez mais a propaganda com utilização de armamentos produzidos na Rússia, principalmente aqueles que mesmo aliados da OTAN têm interesse em adquirir. As Forças Armadas norte-americanas usam sobretudo a aviação, então os EUA não querem permitir que países comprem sistemas de defesa antiaérea russos, que eles não têm capacidade de superar", disse Zhilin.

    "Isso é tudo blefe. Mas até é difícil conceber para quem esse blefe está destinado, uma vez que o mercado de armamentos não é composto por gerentes que vão de um lado a outro escolhendo equipamentos militares, mas sim de pessoas que tem acesso a informações precisas", considerou o especialista. 

    O sistema S-400 tem sido alvo da atenção da mídia em função da venda do sistema para países como a China e a Turquia, e a provável aquisição pela Índia. De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, diversos países estariam interessados em adquirir o sistema.

    Mais:

    Rússia implementará S-400 na Frota do Norte para proteger o Ártico
    Turquia pode fechar base dos EUA se for alvo de sanções por S-400, diz chanceler
    Sistemas de defesa antiaérea S-400 repelem 'ataque do inimigo'
    Tags:
    sistema de defesa antiaérea, sistema de defesa aérea, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar