19:40 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    472
    Nos siga no

    A Boeing e a Marinha dos EUA testaram com sucesso dois jatos Growler EA-18G controlados remotamente a partir da Estação Aérea Naval de Patuxent River como sistemas aéreos não tripulados.

    De acordo com relatório da Boeing, os voos foram conduzidos durante os exercícios experimentais anuais da frota do Comando de Desenvolvimento da Guerra da Marinha.

    Na ocasião, um terceiro Growler controlava outros dois não tripulados. No total, foram realizadas 21 missões de demonstração em quatro voos.

    "Essa demonstração permite que a Boeing e a Marinha tenham oportunidade de analisar os dados coletados e decidir onde fazer investimentos em tecnologias futuras [...] Essa tecnologia permite que a Marinha amplie seu alcance dos sensores, mantendo os drones seguros", afirmou Tom Brandt, líder da equipe de demonstração da Boeing.

    "É um multiplicador de forças que permite que uma única tripulação controle diversas aeronaves sem elevar a carga de trabalho, tendo potencial para elevar a capacidade de sobrevivência, bem como a consciência situacional", ressaltou.

    O Growler é uma versão de guerra eletrônica do caça F/A-18 Hornet. Além disso, a aeronave conta com o NGJ-MB, um sistema de arma de ataque aéreo eletrônico de alta capacidade e potência. Ou seja, é um avançado sistema de ataque eletrônico que se opõe, interrompe e degrada a tecnologia inimiga, incluindo ferramentas de comunicação, radares e sistemas de defesa antiaérea.

    O EA-18 foi construído com uma combinação de matrizes ágeis e ativas digitalizadas eletronicamente e um back-end completamente digital, fornecendo uma vantagem no espectro eletromagnético.

    Mais:

    USS Gerald R. Ford: conheça os problemas do novíssimo porta-aviões dos EUA
    Drone de reabastecimento MQ-25 dos EUA levanta voo inédito em teste bem-sucedido (VÍDEO)
    Queda de caça da Boeing causará prejuízo de US$ 85 milhões à Austrália
    Tags:
    EUA, Boeing, Marinha, guerra eletrônica, drone, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar