18:24 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    258
    Nos siga no

    A Marinha dos EUA diz estar interessada em expandir significativamente o arsenal de armas a bordo das aeronaves de patrulhamento antissubmarino P-8A Poseidon.

    A entidade militar pretende começar por integrar nos Poseidon novos mísseis antinavio de longo alcance AGM-158C. Entre outras possíveis opções de armamento estão também minas navais, bem como bombas de alta precisão, avança o portal The Drive.

    Na Marinha dos EUA tem havido muito debate ao longo dos últimos anos sobre a necessidade de equipar os Poseidon com mais tipos de munições, algo que poderia transformar estas aeronaves em uma espécie de "arsenal voador" capaz de transportar centenas de mísseis e realizar missões de combate também contra navios de superfície, para além de operações de busca e resgate.

    Um bombardeiro estratégico B-52 com seu jogo de munições (foto de arquivo)
    Um bombardeiro estratégico B-52 com seu jogo de munições (foto de arquivo)

    Vale destacar que as aeronaves de patrulhamento antissubmarino P-8A Poseidon são uma presença constante perto das fronteiras russas. Eles têm executado grande número de missões de reconhecimento ao longo da costa da Crimeia, sobre o mar Negro e na região russa de Kaliningrado, bem como perto das bases militares russas na Síria.

    Mais:

    Marinha dos EUA envia navio de guerra para área de ilhas disputadas no mar do Sul da China
    Drone espião da Força Aérea dos EUA faz voo de reconhecimento perto da Crimeia
    Tags:
    armamento, Rússia, Marinha dos EUA, avião de reconhecimento, P8-A Poseidon
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar