07:44 10 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    799
    Nos siga no

    O chanceler turco Mevlut Cavusoglu sugeriu a criação de um grupo de trabalho da OTAN para avaliar como o sistema russo S-400 poderia ser integrado na defesa da aliança militar.

    A proposta do ministro das Relações Exteriores da Turquia foi feita durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, nesta quinta-feira (23).

    "A preocupação está no fato de os caças F-35 e os sistemas S-400 serem incompatíveis [...] Vamos criar um grupo de trabalho, a OTAN pode liderá-lo. Deixem que os especialistas examinem a questão e façam uma avaliação", declarou Cavusoglu.

    As entregas dos últimos sistemas de defesa antiaérea russos S-400, que causaram uma crise nas relações da Turquia com os EUA, começaram em julho de 2019.

    Segundo o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, o sistema S-400 estará totalmente operacional em abril de 2020.

    Sistema de defesa antiaérea russo S-400
    © Foto /
    Sistema de defesa antiaérea russo S-400

    Washington exigiu o cancelamento das negociações entre Ancara e Moscou, sugerindo em troca a compra de complexos Patriot americanos e ameaçando adiar ou cancelar a venda dos caças F-35 à Turquia, bem como introduzir sanções de acordo com a Lei de Combate aos Adversários da América por meio de Sanções (CAATSA). Ancara recusou-se a fazer concessões.

    Mais:

    Americanos poderiam impedir compra de S-400 pelo Iraque?
    EUA podem sancionar Iraque pelo seu interesse nos sistemas de defesa russos S-400
    Acordo entre Rússia e Turquia sobre produção conjunta do S-400 deve ser fechado até abril de 2020
    Tags:
    Rússia, Turquia, OTAN, S-400, Mevlut Cavusoglu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar