07:53 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4290
    Nos siga no

    A nova classe de submarinos russos iguala a capacidade ofensiva da classe Virginia norte-americana a um preço muito mais atrativo, tendo sua produção sido recentemente expandida.

    A Rússia realizou a cerimônia de lançamento de quilha do novo submarino Novossibirsk em 25 de dezembro de 2019. O navio faz parte da nova classe Yasen-M, que vem substituir a classe Yasen, iniciada pelo navio Severodvinsk em 2004. Além disso, dois submarinos Yasen-M deverão participar das celebrações anuais do Dia da Vitória em 2020, comemorando o 75º aniversário da rendição da Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial, informa a revista National Interest.

    Informações sobre o tipo de modernização dos Yasen-M incluem uma assinatura acústica mais baixa, novos equipamentos eletrônicos, um casco mais curto e um alargado conjunto de armas, informa a publicação.

    O navio deverá ser armado com o novo míssil de cruzeiro Kalibr-M, que ostenta quase o dobro do alcance do míssil de cruzeiro original 3M14 Kalibr em que se baseia (4.500 quilômetros contra 1.500 a 2.500 do anterior modelo).

    Além disso, o submarino Kazan, principal navio da classe Yasen-M, já foi lançado em 2017 e, neste momento, está passando por testes, se planejando que integre a Marinha Russa em dezembro de 2020.

    Competição

    O artigo da NI refere que ambos os submarinos russos da classe Yasen-M têm desempenho semelhante aos congêneres de ataque rápido norte-americanos Virginia. No entanto a publicação nota que uma unidade Yasen-M custa cerca de 50 bilhões de rublos (R$ 3,36 bilhões), menos de um terço do preço de um Virginia, por US$ 2,8 bilhões (R$ 11,6 bilhões). Apesar de tudo, o muito mais reduzido orçamento da Marinha Russa, de US$ 70-90 bilhões (R$ 289,3-371,9 bilhões) limita sua capacidade de produção.

    A classe Yasen-M coexiste com a Borei-A, um conjunto de submarinos estratégicos pesados muito mais baratos, de US$ 700-800 milhões (R$ 2,8-3,3 bilhões). Apesar de preocupações sobre a insustentabilidade financeira da classe Yasen-M, o Ministério da Defesa russo há pouco decidiu expandir a produção destes submarinos de 6 para 8.

    Mais:

    Militares dos EUA buscam táticas para evitar 'interferência russa' em 2020, diz jornal
    Conflito cibernético dos EUA contra Rússia já está em curso, segundo especialista
    Ministério da Defesa russo acusa destróier dos EUA de se aproximar de navio russo (VÍDEOS)
    Tags:
    mísseis, submarino, defesa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar