19:43 30 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    872
    Nos siga no

    Japão pretende modernizar seu sistema de defesa antimíssil para ser capaz de abater mísseis balísticos, cuja trajetória pode ser alterada em voo, segundo mídia.

    Até o momento, o Japão possui armamento capaz de abater caças e mísseis de cruzeiro.

    Contudo, o país carece de um sistema antimíssil capaz de repelir um ataque de mísseis balísticos.

    Conforme publicou o jornal Sankei, o objetivo da modernização é tornar o país capaz de destruir mísseis inimigos cuja trajetória pode mudar em pleno voo.

    A decisão do governo nipônico teria como fundo o desenvolvimento de mísseis cada vez mais modernos pela Coreia do Norte, segundo a mídia.
    Lançador de mísseis norte-coreano em ação em setembro de 2019
    © AFP 2020 / KCNA VIA KNS
    Lançador de mísseis norte-coreano em ação em setembro de 2019

    É válido lembrar que Pyongyang possui mísseis com características semelhantes às do sistema russo Iskander, capazes de voar a baixa altitude e mudar sua trajetória final.

    O governo japonês pretende ainda criar, nos próximos sete anos, equipamentos de defesa capazes de interceptar e abater mísseis hipersônicos.

    Mais:

    Japão encontra barco com 7 mortos e acredita que sejam cidadãos da Coreia do Norte
    Coreia do Sul realiza exercícios militares em ilhas disputadas com Japão
    Japão pretende enviar destróier e aviões ao Oriente Médio, diz mídia
    Tags:
    Coreia do Norte, Japão, míssil de cruzeiro, míssil balístico, sistema antiaéreo, modernização
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar