21:24 27 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    10312
    Nos siga no

    Os pesquisadores da corporação Rand concluíram em um relatório que a artilharia de campo do Exército dos EUA é inferior à do Exército russo, segundo a revista americana National Interest.

    De acordo com o artigo, desde o início dos anos 2000, o Pentágono tem se concentrado na luta contra os rebeldes e o terrorismo. Durante as operações envolvendo pequenas unidades no Iraque e no Afeganistão, o principal instrumento de apoio de fogo foram os aviões e os helicópteros e não a artilharia.

    Isto resultou em menos experiência para os artilheiros americanos do que antes do ataque do 11 de Setembro, escreve a mídia.

    O especialista John Gordon observa que, como resultado disso, a artilharia americana se tornou menos eficaz, enquanto a eficácia da artilharia russa se manteve.

    "Durante os longos anos de contrainsurgência, os dois ramos do Exército americano que sofreram reduções de maior dimensão foram a artilharia de campo e a defesa aérea", disse Gordon.

    Forças poderosas

    Embora o Exército russo seja menor do que durante a Guerra Fria, ele está armado com poderosos obuseiros, lança-foguetes múltiplos e mísseis balísticos, escreve a mídia.

    As forças russas, segundo a revista, podem atingir as posições do inimigo a uma distância considerável por meio do lançador de foguetes múltiplos Smerch, com um alcance de cerca de 100 quilômetros, e do sistema de mísseis Iskander, que pode disparar a cerca de 400 quilômetros, enquanto o obuseiro Paladin americano de 155 milímetros tem um alcance aproximado de apenas 32 quilômetros.

    "As sofisticadas defesas aéreas russas, como os mísseis antiaéreos S-400, podem ser capazes de impedir que as aeronaves da OTAN ataquem as colunas blindadas russas e as rotas de abastecimento", ressalta o artigo.

    Sistemas russos S-400
    © Sputnik / Aleksandr Galperin
    Sistemas russos S-400

    A corporação Rand é um think tank que trabalha para o Pentágono e para o Congresso e faz parte das Forças Armadas dos EUA.

    Mais:

    Revista americana lista as 5 marinhas mais poderosas do mundo
    National Interest indica ponto fraco dos EUA em caso de guerra contra Rússia ou China
    Especialista militar comenta artigo da National Interest sobre 'supertanque' soviético
    Tags:
    The National Interest, artilharia, Pentágono, Exército da Rússia, Exército dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar