08:52 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4130
    Nos siga no

    A Força Aérea Brasileira (FAB) e a Embraer anunciaram que planejam desenvolver em conjunto uma aeronave leve de transporte militar para fazer o monitoramento da Amazônia.

    Segundo um comunicado divulgado pela Embraer, o avião visará atender às necessidades da FAB para operar na região Amazônica, "em pistas extremamente curtas, estreitas, não pavimentadas, desprovidas de infraestrutura e em localidades remotas".

    "Utilizando-se do alto grau de inovação e competência tecnológica da Embraer, o estudo buscará também explorar alternativas na aplicação de novas tecnologias que trarão respostas ainda mais eficientes às demandas extremas da FAB, como diferentes arquiteturas de sistemas, soluções inovadoras de plataforma, propulsão hibrida-elétrica, entre outras", escreveu a Embraer.

    ​O acordo prevê que a Embraer vai fazer os estudos de mercado para desenvolvimento da nova aeronave e a FAB vai auxiliar a empresa com a experiência que possui na operação de aviões nesse segmento.

    "Estamos certos de que a experiência da Força Aérea Brasileira nos ajudará a estabelecer os requisitos mais adequados para esse estudo, resultando em um avião extremamente capaz", disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança, citado pelo comunicado da empresa.

    A FAB recebeu em 2019 as primeiras unidades do moderno KC-390 Millennium, aeronave que auxiliou no desenvolvimento. A parceria iniciada em 2009 contou com auxílio da Argentina, Portugal e República Tcheca para desenvolver o protótipo.

    Mais:

    Caça Gripen é entregue à FAB e iniciará testes de certificação na Suécia
    Novo SC-105 da FAB permite maior capacidade de busca, diz especialista
    Embraer anuncia novo nome do KC-390 após acordo com Boeing
    Tags:
    aeronave, parceria militar, parceria, Força Aérea Brasileira (FAB), Embraer
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar