21:31 04 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4111
    Nos siga no

    Navios da Marinha russa chegaram a Goa para participar da nova edição dos exercícios conjuntos entre as Forças Armadas da Rússia e Índia.

    Os exercícios Indra tiveram sua primeira edição em 2003 como manobras estritamente navais. Dado o bom desempenho da cooperação, as manobras foram ampliadas e atualmente incluem os três ramos das forças armadas.

    "Os exercícios dos três ramos Indra 2019 irão aprofundar a confiança mútua e interoperabilidade, além de possibilitar a troca das melhores práticas entre as forças armadas de ambos os países", declarou o Ministério da Defesa da Índia.

    A Rússia irá participar com embarcações do seu destacamento da Frota do Báltico, que incluem o navio-patrulha Yaroslav Mudry e o navio-tanque Elnya, dentre outros.

    "Hoje, no porto de Mormugão, foi realizada a cerimônia de inauguração da componente naval dos exercícios conjuntos Indra 2019", comunicou o representante da Frota do Báltico, Roman Martov.

    Exercícios navais conjuntos da Rússia e Índia, Indra-2014
    © Sputnik / Ildus Gilyazutdinov
    Exercícios navais conjuntos da Rússia e Índia, Indra-2014

    O objetivo dos exercícios é aprimorar a interoperabilidade entre as forças e coordenar posições para melhor combater ameaças à segurança comuns.

    "Neste ano, a componente naval dos exercícios será realizada em duas fases. A fase em porto será realizada em Goa entre 10 e 15 de dezembro e incluirá conferências de planejamento, interações profissionais, visitas culturais, sessões de esportes e visitas formais entre oficiais almirantes e oficiais superiores das marinhas participantes", disse o Ministério da Defesa da Índia em comunicado.

    A fase de mar será conduzida no mar Arábico, que compreende a região do oceano Índico entre a costa oeste da Índia até o Chifre da África, reportou o India Times.

    Durante a fase de mar, os exercícios focarão em atividades de "reabastecimento em movimento, exercícios de defesa antiaérea, disparos de superfície, operações de abordagem para busca e apreensão, dentre outros procedimentos táticos", afirma o comunicado.

    Manobras conjuntas entre Rússia e Índia, Indra 2017
    © Sputnik / Ildus Gilyazutdinov
    Manobras conjuntas entre Rússia e Índia, Indra 2017

    A componente naval dos exercícios será conduzida entre os dias 10 e 19 de dezembro no oceano Índico.

    A Marinha indiana estará representada pelo navio de apoio INS Aditya e pelo INS Tarkash, uma fragata de mísseis guiados. Aeronaves de patrulha naval Dornier e P8I, caças MiG-29K e helicópteros de asa rotativa integral também participarão do exercício.

    Treinamentos russo-indianos Indra-2016 na região russa de Primorie, 30 de setembro de 2016
    © Sputnik / Vitaly Ankov
    Treinamentos russo-indianos Indra-2016 na região russa de Primorie, 30 de setembro de 2016

    O Exército indiano participará com um pelotão Ghatak. A Força Aérea do país marcará presença com jatos Su-30MKI e Jaguar, helicópteros Mi-17 e uma aeronave do sistema de alerta e controle aéreo (AWACS).

    Mais:

    Índia teria pedido para Rússia acelerar calendário de entrega de sistemas de mísseis S-400
    Índia estaria ansiosa para receber mísseis 'mortais' para novos caças
    Cooperação militar russo-indiana é imune a 'mudanças geopolíticas', opina analista
    Tags:
    exercícios militares, cooperação militar, Índia, Rússia, BRICS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar