16:07 11 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    744
    Nos siga no

    O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, disse que Washington tem que alcançar Moscou em termos de desenvolvimento das armas hipersônicas, e que "cada dólar" está em jogo.

    Na Fundação Ronald Reagan, na Califórnia, Esper expressou preocupação com o fato de a Rússia estar desenvolvendo novos tipos de armas estratégicas.

    "Fizemos uma pausa nesta tecnologia há alguns anos, quando tínhamos um avanço claro, e o que estamos fazendo agora é recuperar o atraso. Então, o Departamento [de Defesa] está investindo cada dólar que podemos, usá-lo fisicamente para garantir que ganhamos vantagem nas [armas] hipersônicas", disse Esper.

    "Estou preocupado por eles [a Rússia] estarem desenvolvendo várias armas, armas estratégicas, que estão fora do atual Tratado START III […] E agora têm um potencial militar que nós não temos, em termos de mísseis de médio e curto alcance. Por isso, estamos acompanhando de muito perto o que os russos estão fazendo", complementou o chefe do Pentágono.

    Limitação de armas estratégicas

    Os EUA retiraram-se do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), afirmando que Moscou não estaria a cumpri-lo na totalidade. A Rússia rejeitou as alegações dos EUA.

    O acordo sobre medidas para a redução e limitação de armas estratégicas START III expira no início de 2021 e Washington ainda não decidiu se pretende prorrogá-lo.

    Anteriormente, os Estados Unidos tinham declarado que os acordos com a Rússia deveriam incluir não só as armas abrangidas pelo START III, mas também outras armas e veículos de lançamento ainda em desenvolvimento na Rússia, incluindo dispositivos nucleares de baixa potência em novos veículos de lançamento.

    Tripulação do MiG-31 conduz lançamentos do míssil hipersônico Kinzhal
    Ministério da Defesa da Rússia
    Tripulação do MiG-31 conduz lançamentos do míssil hipersônico Kinzhal

    O Pentágono acredita que a Rússia tem cerca de 2.000 armas nucleares não estratégicas.

    Mais:

    Lockheed Martin revela principal problema no desenvolvimento de armas hipersônicas dos EUA
    Pentágono reconhece superioridade da Rússia em armas hipersônicas
    Rússia testa suas armas hipersônicas no Ártico pela 1ª vez
    Tags:
    armas hipersônicas, Rússia, Departamento de Defesa dos EUA, Pentágono
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar