15:32 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4238
    Nos siga no

    Segundo informações, o voo durou mais de dez horas. Destaca-se também que em determinadas etapas os aviões russos teriam sido escoltados por caças F-15 e F-16 da Força Aérea da Coreia do Sul e um F-2 da Força Aérea do Japão.

    Dois bombardeiros estratégicos russos Tu-95MS realizaram voos sobre o mar da China Oriental e o mar do Japão, e em determinada etapa do seu percurso foram escoltados por caças da Coreia do Sul e do Japão, informa em comunicado o Departamento de Informação e Comunicação Social do Ministério da Defesa da Rússia.

    "Dois bombardeiros estratégicos Tu-95MS da Força Aeroespacial russa estavam realizando um voo de rotina sobre águas internacionais do mar da China Oriental e mar do Japão. Durante o voo da aviação de longo alcance, as aeronaves estiveram acompanhadas por caças Su-35S e um avião do sistema aéreo de alerta e controle de longa distância A-50 da Força Aeroespacial russa", lê-se no comunicado.

    Vale destacar que estes voos são realizados com regularidade e sempre de acordo com os regulamentos do espaço aéreo internacional, sem violação das fronteiras de outros países.

    Mais:

    Mídia: China aumentará capacidade de armas hipersônicas equipando bombardeiros
    Japão relata entrada de 4 barcos-patrulha chineses em águas das ilhas disputadas
    Tags:
    Rússia, aviação militar, Coreia do Sul, Japão, Tu-95, F-16, F-15
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar