13:04 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Sistema antiaéreo S-400 durante um desfile militar em Moscou

    Turquia pode comprar mais sistemas S-400 em breve, revela agência de exportações russa

    © Sputnik / Aleksandr Vilf
    Defesa
    URL curta
    7160
    Nos siga no

    Rússia fará nova oferta à Turquia em 2020, que poderá incluir a compra de um segundo regimento do sistema de defesa antiaérea S-400, informou a agência russa de exportação de equipamentos militares, Rosoboronexport.

    Moscou e Ancara devem continuar o diálogo acerca da defesa antiaérea turca em 2020, disse Aleksandr Mikheev, diretor-geral da Rosoboronexport.

    "Em relação a uma nova opção [de compra], estamos falando de um segundo regimento", declarou Mikheev.

    Segundo ele, os termos de referência propostos pela Rússia preveem o apoio técnico do projeto pelo lado turco (localização parcial da produção de componentes individuais do sistema), mas é prematuro dizer o quê e em quais volumes.

    "Esperamos assinar os documentos no primeiro semestre de 2020. Mas quero reiterar que a nossa parceria técnico-militar com a Turquia não se restringe ao S-400. Temos mais planos pela frente", indicou.

    Entrega do S-400 em 2019

    Sobre a entrega do sistema de defesa antiaérea realizada em 2019, Aleksandr Mikheev disse que os pagamentos já foram realizados e que só restam finalizar algumas atividades de capacitação técnica.

    "Todas as questões financeiras já estão resolvidas, já recebemos a totalidade do pagamento. Todo o equipamento já se encontra nos locais de implantação (...) até o fim de 2019 finalizaremos as atividades de capacitação", informou.

    Um regimento de mísseis é composto por 16 lançadores múltiplos com quatro mísseis cada um.

    Conforme informado anteriormente, o contrato de fornecimento do sistema de mísseis antiaéreos S-400 russo à Turquia foi estimado em US$2,5 bilhões.

    Primeiro lote de componentes dos sistemas de defesa antiaérea S-400 na Turquia, Murted Airport, perto de Ancara
    © AFP 2019 / Ministério da Defesa da Turquia
    Primeiro lote de componentes dos sistemas de defesa antiaérea S-400 na Turquia, Murted Airport, perto de Ancara

    A entrega dos armamentos desencadeou uma crise entre a Turquia e EUA, países aliados na OTAN. Os EUA pressionam a Turquia para que desista da instalação do S-400 e adquira o seu sistema de defesa análogo, o Patriot.

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, se reuniu há pouco com o presidente norte-americano, Donald Trump, na Casa Branca, e reiterou o direito 'soberano' da Turquia de escolher os seus fornecedores de equipamentos militares.

    Mais:

    Após falha do sistema americano Patriot, Arábia Saudita quer sistema S-400 da Rússia
    Irã quer S-400, tanques T-90, aviões Su-30 e Yak-130, diz Pentágono
    Turquia testará S-400 apesar das pressões dos EUA, diz mídia
    Tags:
    Rosoboronexport, Turquia, S-400, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar