16:51 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Míssil balístico intercontitental Minuteman III é visto na base aérea de Minot, nos EUA (foto de arquivo)

    Força Aérea dos EUA contabiliza erros em locais de 79 mísseis balísticos, segundo relatório

    © AP Photo / Charlie Riedel
    Defesa
    URL curta
    290
    Nos siga no

    Os sistemas de inventário da Força Aérea dos EUA responsáveis pelo cálculo da localização e valor de propriedades não identificaram a localização de 79 mísseis balísticos intercontinentais Minuteman III.

    Esse valor representa cinquenta por cento da frota, segundo o relatório apresentado pela auditoria do Pentágono.

    As falhas foram apresentadas durante a auditoria financeira realizada no Pentágono, referente aos serviços militares, incluindo Força Aérea, conforme o portal Bloomberg.

    Lançamento do míssil Minuteman III (foto de arquivo)
    © REUTERS / Michael Peterson
    Lançamento do míssil Minuteman III (foto de arquivo)

    A Ernst & Young afirmou que durante os testes realizados em março do sistema utilizado pela Força Aérea norte-americana para coletar e armazenar dados de aeronaves, satélites e sistemas de mísseis foram encontrados erros em 79 mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), que estavam marcados com localização física incorreta.

    "A Força Aérea tem total controle e responsabilidade sobre os ICBMs", afirmou o porta-voz da Força Aérea, capitão Jacob Bailey, ressaltando que no caso não se trata de uma vulnerabilidade séria, mas sim de uma deficiência que pode ser corrigida.

    Mais:

    Empresa de defesa dos EUA anuncia conceito de novo míssil hipersônico: 'Não há nada igual'
    EUA realizam teste de míssil banido pelo INF (VÍDEO)
    Míssil recém-testado pelos EUA foi alerta para China, diz secretário norte-americano de Defesa
    Tags:
    EUA, Força Aérea, Pentágono, erros, míssil balístico, míssil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar