00:36 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6107
    Nos siga no

    A embarcação terá uma tripulação de 50 militares, com a possibilidade de acomodar grupos adicionais, como por exemplo, soldados das forças especiais.

    A companhia privada de construção naval Israel Shipyards Ltd anunciou na passada quarta-feira (13) a assinatura de um acordo com o Ministério da Defesa de Israel para o desenvolvimento de um navio de guerra ligeiro que irá substituir as atuais corvetas de mísseis da classe Saar 4.5, lê-se na página da empresa.

    Destaca-se também que o projeto, denominado Reshef, será desenvolvido tendo como base a corveta do projeto Saar 72, com deslocamento de 800 toneladas. De acordo com a empresa israelense, o navio também poderá ser exportado.

    As referidas corvetas serão utilizadas para proteger a Zona Econômica Exclusiva de Israel, incluindo as instalações de petróleo e gás, informa a companhia.

    Tendo em conta as características do modelo Saar 72, a nova corveta receberá como armamento o sistema de defesa antiaérea Barak 8, um lançador de mísseis antinavio IAI Gabriel 5, dois canhões coaxiais de 30 mm controlados remotamente e tubos de torpedos, podendo além disso ser equipada com um drone.

    Mais:

    Jordânia retoma terrenos agrícolas controlados por Israel
    Presidente do Irã: EUA e Israel estão por trás de 'todas as guerras e massacres' no Oriente Médio
    Israel denuncia lançamento de foguetes de Gaza após anúncio de cessar-fogo (VÍDEO)
    Tags:
    navio de guerra, Israel, Marinha, corveta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar