16:08 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Subamarino nuclear Aleksandr Nievsky, da classe Borei, chega no porto de Vilyuchinsk, em Kamchatka, na Rússia

    Fortaleza nuclear: Rússia inicia modernização de base de submarinos estratégicos do Pacífico

    © Sputnik / Ildus Gilyazutdinov
    Defesa
    URL curta
    6351
    Nos siga no

    Porto estratégico russo localizado no extremo leste do país, na península de Kamchatka, e morada dos submarinos estratégicos russos mais valiosos terá suas instalações renovadas.

    Vilyuchinsk é uma pequena cidade da região de Kamchatka, no Extremo Oriente russo, e se localiza a 20 km da capital da região, Petropavlovsk-Kamchatsky. A localização de ambas as cidades foi estrategicamente escolhida por ficarem em uma baía capaz de proteger os navios dos furiosos ventos do oceano Pacífico.

    Sob o ponto de vista militar, Vilyuchinsk tem a vantagem de dar acesso direto às águas profundas do oceano, o que a torna o local ideal para acolher os submarinos da Marinha russa. Por isso, esse foi o ponto escolhido para a criação de um grande centro de construção e manutenção de submarinos, ainda na década de 1970.

    Submarino nuclear russo Vladimir Monomakh de classe Borei
    © Sputnik / Ildus Gilyazutdinov
    Submarino nuclear russo Vladimir Monomakh de classe Borei

    Atualmente a base russa, que é a casa dos submarinos estratégicos russos da Frota do Pacífico, está sendo completamente renovada, para torná-la mais eficiente e aprimorar a sua capacidade de defesa.

    A reforma não é muito diferente da do porto de Novorossiysk, localizado no mar Negro, no extremo oposto do imenso território russo. O projeto maciço começou em 2005 e inclui dois quebra-mares que medem 850 e 1.400 metros, respectivamente, numerosos cais e uma pequena enseada especializada para submarinos.

    Os quebra-mares de Novorossiysk, por exemplo, são estruturas gigantescas, que se estendem por mais de 50 metros abaixo do nível do mar, protegendo os navios de tempestades e possíveis sabotagens. As estruturas também possibilitam todas as operações de reabastecimento, rearmamento e manutenção dos navios de guerra.

    Pôr do sol em Kamchatka, região que, além de receber poderosos subarinos estratégicos, ainda é uma das destinações turísticas mais cobiçadas da Rússia
    © Sputnik / Aleksandr Piragis
    Pôr do sol em Kamchatka, região que, além de receber poderosos subarinos estratégicos, ainda é uma das destinações turísticas mais cobiçadas da Rússia

    De acordo com o jornal Izvestia, as estruturas que estão sendo construídas em Kamchatka seguem na mesma linha. Na primeira fase estão previstos um quebra-mar e um cais. A modernização irá permitir que o porto acomode os futuros submarinos estratégicos da classe Borei-A, dois dos quais devem integrar a Frota do Pacífico. O porto também será capacitado para receber submarinos de ataque da classe Yasen e outros ativos valiosos da Marinha russa.

    Mais:

    Quais seres aquáticos vivem a 4 mil metros nas profundezas de Kamchatka? (FOTOS)
    Submarino Tomsk destrói 'inimigo' com míssil de cruzeiro na área de Kamchatka (VÍDEO)
    Vulcão na Kamchatka lança cinzas a 5 mil metros de altura
    Tags:
    classe Borei, Borei, submarino, Kamchatka, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar