07:19 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Navios da Marinha russa (foto de arquivo)

    Marinha da Rússia constrói navios de guerra 'sem análogos no mundo', segundo comandante

    © Sputnik / Aleksei Danichev
    Defesa
    URL curta
    7330
    Nos siga no

    Em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda, o comandante da Marinha da Rússia, Nikolai Evmenov, disse que a entidade receberá navios "sem análogos no mundo".

    A declaração do almirante Nikolai Evmenov foi feita após ser perguntado sobre os projetos de construção de novos navios de guerra na Rússia.

    Falando sobre as embarcações em construção em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda, o almirante ressaltou o caráter inovador de alguns dos novos navios.

    "No estaleiro de Sredne-Nevsky estão sendo construídos em série novíssimos navios de defesa contra minas sem análogos no mundo", disse o almirante.
    Navio de assalto Ivan Gren da Marinha da Rússia, 22 de outubro de 2018
    © Sputnik / Pavel Lvov
    Navio de assalto Ivan Gren da Marinha da Rússia, 22 de outubro de 2018

    Embora o militar não tenha dado detalhes sobre a data de lançamento das embarcações e seu equipamento militar, Evmenov ressaltou o material usado na construção dos navios.

    "Eles são feitos de fibra de vidro monolítica, se diferenciando por sua resistência aumentada, manobrabilidade e capacidade de sobrevivência", detalhou o comandante.

    Além disso, Nikolai Evmenov disse que no estaleiro de Yantar, no litoral do mar Báltico, estão em fase de construção os navios de desembarque universais do projeto 11711 (ou classe Ivan Gren), tais como Pyotr Morgunov, Vladimir Andreev e Vasily Trushin.

    Mais:

    Navio de construção peruana amplia capacidades da Marinha brasileira, diz especialista
    Novo submarino russo Knyaz Vladimir lança míssil balístico Bulava pela 1ª vez (VÍDEO)
    Novo navio de guerra Indianapolis é comissionado por Marinha dos EUA (FOTOS, VÍDEO)
    Tags:
    Rússia, navios russos, Marinha da Rússia, Ivan Gren
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar