21:42 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Veículo de combate de infantaria Armata

    Jornal reconhece superioridade do tanque russo Armata sobre Leopard 2 da Alemanha

    © Sputnik / Anton Denisov
    Defesa
    URL curta
    6183
    Nos siga no

    O jornal alemão Die Welt publicou um recente artigo sobre o novo tanque russo T-14 Armata, reconhecendo que este ultrapassa o tanque alemão Leopard 2 em certos indicadores.

    A Alemanha e a França estão desenvolvendo conjuntamente um novo veículo de combate para substituir os tanques Leopard alemães e Leclerc franceses, mas pode haver concorrência entre os participantes no projeto, observa o autor.

    Segundo o artigo, o obstáculo é a principal arma do tanque, o canhão. A empresa europeia de defesa Rheinmetal, que fornece armamentos para o Leopard, desenvolveu uma arma com um calibre de 130 milímetros em vez do modelo anterior de 120 mm.

    Durante uma conferência profissional no início deste ano, a fabricante de armas francesa Nexter comunicou que tinha testado com sucesso um canhão de 140 mm montado em um veículo Terminator, que é um protótipo do tanque Leclerc.

    Características dos tanques

    Ambos os grupos afirmam que suas armas são adequadas para o projeto conjunto franco-alemão de tanques de guerra, que é chamado de Sistema Básico de Guerra Terrestre e deve ser adotado em 2038.

    No artigo do Die Welt são comparadas as características dos tanques alemães e do novo tanque russo Armata.

    "Todos os tanques modernos têm carregamento automático, como o novo tanque russo T-14 Armata com seu canhão de calibre 125 milímetros. É considerado um segredo comercial aberto que o tanque Leopard 2 é inferior ao novo modelo russo em alguns dados de desempenho", escreve o autor.

    O tanque russo T-14 Armata de nova geração está equipado com um motor diesel de 1.500 cavalos de potência que proporciona uma ótima relação potência/peso, bem como um sistema de proteção dinâmica Malakhit.

    Tanque alemão Leopard 2
    © AFP 2019 / ERIC PIERMONT
    Tanque alemão Leopard 2

    A revista norte-americana The National Interest qualificou o veículo de combate russo como "o tanque potencialmente mais perigoso do mundo".

    O tanque alemão Leopard 2 está em serviço dos Exércitos da Alemanha, Países Baixos, Áustria, Noruega, Suécia, Suíça, Espanha, Dinamarca, Grécia, Finlândia e outros países. Esse veículo de combate tem uma blindagem multicamada combinada, proteção contra armas de destruição em massa, um canhão estabilizado de dois eixos e dispositivos de visão noturna.

    Mais:

    'Tentando superar atraso': especialista sobre 'renascimento' do tanque alemão Leopard 2
    Rússia está modernizando canhão do tanque T-14 Armata
    Por que tanque alemão Leopard é vulnerável a mísseis antitanque soviéticos?
    Tags:
    Leclerc, Rússia, Alemanha, tanques, Leopard 2, T-14 Armata
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar