13:55 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Satélite Kosmos (imagem referencial)

    Rússia reforça sistema de alerta de ataque de mísseis

    © Sputnik / Aleksandr Mokletsov
    Defesa
    URL curta
    5280
    Nos siga no

    O vice-ministro da Defesa da Rússia, Aleksei Krivoruchko, disse que o recém-lançado satélite da série Tundra já começou a funcionar.

    Ministério da Defesa da Rússia anunciou o lançamento bem-sucedido do satélite Kosmos-2541 da série Tundra em 26 de setembro.

    No dia 18 de outubro, o vice-ministro da Defesa da Rússia confirmou que este satélite está funcionando normalmente.

    De acordo com o site especializado norte-americano Spaceflight Now, este objeto tornou-se o terceiro satélite do novo sistema espacial unificado russo projetado para alertar sobre um ataque de mísseis.

    A existência desse sistema, constituído por três sondas espaciais, também foi confirmada pelo vice-chefe da Força Espacial da Rússia, major-general Igor Morozov.

    Série de satélites

    Segundo Jonathan McDowell, um conhecido especialista americano na área do espaço, os dois satélites anteriores foram lançados em novembro de 2015 (Kosmos-2510) e maio de 2017 (Kosmos-2518).

    De acordo com o site do Ministério da Defesa, o sistema espacial unificado russo entrou em serviço de patrulhamento experimental em dezembro de 2017. Tundra é o nome de uma série de aparelhos espaciais.

    Cada um dos satélites militares do catálogo do Ministério da Defesa é chamado de Kosmos e tem seu próprio número, dependendo principalmente da data de lançamento.

    Os satélites do sistema espacial unificado russo são produzidos pela Corporação de Foguetes Energia. O sistema espacial unificado russo constituído por dez aparelhos espaciais Tundra deveria estar operacional até 2020, mas o cumprimento dos planos está atrasado.

    Mais:

    Defesa russa divulga FOTO de fábrica nos EUA de mísseis proibidos pelo Tratado INF
    Rússia aperfeiçoa seu sistema de alerta precoce contra lançamentos de mísseis
    Putin: Rússia está ajudando China a criar sistema de alerta para ataques de mísseis
    Tags:
    Rússia, Forças Armadas, mísseis, ataque, alerta, sistema, satélites
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar