13:08 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Sistema de mísseis Topol na Praça Vermelha, Moscou

    Comandante de Exército russo revela quanto tempo levaria decisão sobre ataque de retaliação nuclear

    © AFP 2019 / Aleksandr Nemenov
    Defesa
    URL curta
    15994
    Nos siga no

    A liderança russa terá algumas dezenas de minutos para tomar uma decisão sobre um contra-ataque nuclear, informou o comandante do 15º Exército da Força Aeroespacial da Rússia Anatoly Nestochuk.

    Neste sábado (5) Nestochuk disse, falando à rádio russa Echo Moskvy, que a liderança do país teria algumas dezenas de minutos caso o Sistema de Alerta de Ataque de Mísseis (SPRN) detectasse um míssil balístico intercontinental voando em direção da Rússia.

    "O tempo de aproximação varia, dependendo de onde míssil vem, como voa [...] Este tempo requer uma força de vontade muito séria e poderosa para tomar uma decisão rápida. Mas, de um modo geral, há tempo suficiente. Não minutos, não dezenas de minutos - mais de dezenas de minutos, podemos dizer", disse Nestochuk.

    Além disso, Nestochuk indicou que a Rússia está desenvolvendo meios de proteção dos seus satélites em órbita contra qualquer ação eletrônica por parte dos adversários.

    Trabalho intensivo

    O comandante observou que a liderança da Rússia entende que a possibilidade de desativar satélites por impacto radioeletrônico está certamente sendo analisada pelos inimigos potenciais da Rússia.

    "Estamos trabalhando muito nessa direção, criamos sistemas de proteção do nosso grupo orbital contra várias influências, inclusive radioeletrônicas", acrescentou ele.

    Ao mesmo tempo, Nestochuk não deu nenhum exemplo concreto desses trabalhos, referindo-se à informação sigilosa neste assunto, mas assegurou que "muito foi feito nessa direção".

    Mais:

    Divulgada localização das armas nucleares norte-americanas na Europa
    National Interest avisa sobre riscos de guerra nuclear
    Fim do tratado INF 'abre caminho perigoso para inverno nuclear', diz especialista
    Tags:
    Rússia, tempo, decisão, contra-ataque, armas nucleares
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar