13:58 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Complexos S-400 Triumph lançam mísseis durante treinamentos da Força Aeroespacial da Rússia

    Sistema S-500 russo teria passado por testes na Síria; Defesa russa comenta relatos

    © Sputnik / Ruslan Krivobok
    Defesa
    URL curta
    6612
    Nos siga no

    Segundo mídia, testes do sistema russo de defesa antiaérea S-500 foram concluídos com sucesso na Síria, entretanto, o Ministério da Defesa da Rússia não comentou o assunto.

    Os elementos mais importantes do sistema de defesa antiaérea S-500 Prometei foram testados na Síria, informou jornal Izvestia.

    Durante testes, especialistas identificaram "alguns problemas" no funcionamento do equipamento, mas que foram rapidamente resolvidos.

    O subcomandante aposentado da Força Aeroespacial russa, tenente-general Aitech Bizhev, observou que durante os testes há uma atenção especial no bom funcionamento de todos os componentes do equipamento.

    Sistemas de defesa antiaérea S-400 Triumph
    © Sputnik / Yevgeny Odinokov
    Sistemas de defesa antiaérea S-400 Triumph

    Segundo ele, os sistemas "foram testados em condições técnicas e climáticas extremas e funcionou totalmente [apesar] do desgaste".

    Mais tarde, o Ministério da Defesa russo comentou os relatos ao jornal Izvestia. Segundo o ministério, não há nenhuma necessidade de testar ou usar os sistemas S-500 na Síria.

    "Os S-500 são destinados à luta contra alvos balísticos e aerodinâmicos a grandes distâncias. Não houve nem há nenhuma necessidade de testar e, especialmente, de usar os sistemas S-500 no território da República Árabe Síria", declarou o ministério russo.

    O ministério destacou que a defesa antiaérea russa na Síria, que inclui os sistemas S-400, Pantsir-S, TOR-M2 e caças Su-35S opera em toda a gama de altitudes e velocidades.

    As especificações técnicas dos sistemas S-500 permanecem em segredo, entretanto, há relatos de que os sistemas serão capazes de destruir alvos a mais de 600 quilômetros de distância e rastrear e atingir até 10 alvos balísticos à velocidade hipersônica de até sete quilômetros por segundo (Mach 20).

    No dia 2 de outubro de 2018, Moscou entregou os sistemas S-300 para Damasco em uma tentativa de elevar a segurança das tropas russas presentes no país do Oriente Médio.

    Sistemas de mísseis terra-ar S-300 Favorit do Distrito Militar do Sul durante exercícios militares com o 4º Exército Aéreo e de Defesa Antiaérea no polígono de Ashuluk, na região de Astrakhan.
    © Sputnik / Sergei Pivovarov
    Sistemas de mísseis terra-ar S-300 Favorit do Distrito Militar do Sul durante exercícios militares com o 4º Exército Aéreo e de Defesa Antiaérea no polígono de Ashuluk, na região de Astrakhan.

    A decisão foi uma resposta a um incidente onde a defesa antiaérea síria abateu acidentalmente um avião Il-20 russo com 15 tripulantes, enquanto repelia um ataque aéreo israelense.

    Na ocasião, Moscou acusou Israel de usar a aeronave russa como um escudo durante os ataques contra alvos sírios. Tel Aviv, por sua vez, negou as acusações, declarando que havia alertado Moscou sobre o ataque aéreo na região.

    Mais:

    Supremacia dos sistemas russos S-500 pode ser superada?
    Revelada data do início da produção em série do sistema de mísseis russo S-500
    Mídia revela novas capacidades do sistema de defesa antiaérea russo S-500
    Tags:
    Rússia, S-500, sistema de defesa de mísseis, sistema de defesa antiaérea, sistema de defesa antiaéreo, sistema de defesa aérea, sistema de defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar