21:56 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Líder norte-coreano Kim Jong-un inspeciona novo submarino do país em local desconhecido. Foto exibida em 23/07/2019 pela KCNA

    Seul adverte que novo submarino de Pyongyang poderá carregar até 3 mísseis balísticos

    © AFP 2019 / KCNA VIA KNS
    Defesa
    URL curta
    13280
    Nos siga no

    Ministério da Defesa da Coreia do Sul afirma que o submergível em breve estará pronto para uso.

    Um novo submarino norte-coreano, que pode ser o maior da história do país, poderá carregar até 3 mísseis balísticos, anunciou nesta quarta (31) o Ministério da Defesa sul-coreano, informa a agência Yonhap.

    O submarino em breve estará pronto para operar, segundo Lee Hye-hoon, chefe do Comitê de Inteligência da Coreia do Sul.

    Na semana passada, a agência norte-coreana KCNA noticiou que Kim Jong-un inspecionou um novo submarino de grandes proporções.

    O líder teria expressado grande satisfação pelo desenho e construção da embarcação, que foi realizada sob supervisão do próprio Kim.

    "O líder supremo conheceu em detalhe as capacidades operacionais e táticas dos sistemas de armas de combate" do submarino, informou a agência estatal.

    Kim descreveu o veículo como um "importante componente na defesa nacional" da Coreia do Norte, ao mesmo tempo que enfatizou a necessidade do país continuar fazendo grandes esforços para o desenvolvimento de armas e equipamentos navais. 

    Kim Jong-un inspeciona novo submarino em local desconhecido em 23 de julho de 2019
    © REUTERS / KCNA
    Kim Jong-un inspeciona novo submarino em local desconhecido em 23 de julho de 2019

    Lançamento de mísseis balísticos

    As declarações do Ministério da Defesa sul-coreano foram feitas horas após o Estado-Maior Conjunto do país confirmar que Pyongyang disparou dois mísseis balísticos de curto alcance a partir de Kalma, próximo da cidade portuária de Wonsan, na costa leste do país.

    Os projéteis foram lançados às 17h06 e 17h27 desta terça 30 (horário de Brasília) e percorreram 250 km a 30 km de altitude.

    "Os lançamentos sucessivos de mísseis pela Coreia do Norte não contribuem para reduzir as tensões na península coreana. Exortamos o Norte a pôr fim a tais atos”, comunicou o Estado-Maior Conjunto sul-coreano.

    Mais:

    Coreia do Sul pode vir a enviar navio de guerra ao estreito de Ormuz após pedido dos EUA
    Irã testa com êxito míssil balístico, informa mídia
    Trump diz não estar incomodado com novos testes balísticos da Coreia do Norte
    Tags:
    míssil balístico, submarino, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar