12:19 18 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    16651
    Nos siga no

    Em meio a tensões crescentes com os EUA, Teerã realizou na quarta-feira passada (24) o teste de um míssil balístico de médio alcance que voou uma distância de 1.000 quilômetros.

    Representantes do Exército iraniano afirmaram este sábado (27) que os testes de mísseis têm caráter defensivo e que não são dirigidos contra nenhum país.

    O Irã também quis deixar claro que "não precisa da permissão" de ninguém para realizar os lançamentos, depois de Teerã ter efetuado testes com mísseis de médio alcance, informa a Reuters citando informações de agências iranianas.

    "Os testes de mísseis iranianos são naturais no âmbito das suas necessidades defensivas. A capacidade destes mísseis não é dirigida contra nenhum país e só tem como objetivo responder a uma possível agressão", disseram responsáveis das Forças Armadas à mídia local, salientando que o "Irã não precisa da permissão de nenhuma potência do mundo para sua autodefesa".

    Na passada quarta-feira, em meio a crescentes tensões com os EUA, Teerã realizou o teste de um míssil balístico de médio alcance. Trata-se de um míssil Shahab-3 que foi lançado a partir de uma região do sul do Irã, voando uma distância de 1.000 quilômetros até alcançar uma zona próxima ao norte da capital.

    O teste efetuado pelo país persa nesta semana ocorreu pouco depois de o Irã ter anunciado que continuará reduzindo seus compromissos do acordo nuclear, exigindo ao mesmo tempo que os países europeus que assinaram o tratado cumpram seus compromissos, depois de Washington ter abandonado unilateralmente o referido acordo nuclear.

    Mais:

    Ministro chinês adverte contra abertura de 'caixa de Pandora' no Oriente Médio
    Israel não permitirá que Irã obtenha armas nucleares, afirma Netanyahu
    Tags:
    teste de mísseis, míssil balístico, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar