11:29 11 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Desembarque do navio russo Caesar Kunikov durante exercícios táticos

    Rússia responde a manobras da OTAN com próprio exercício naval no mar Negro

    © Sputnik / Sergei Pyatakov
    Defesa
    URL curta
    10522
    Nos siga no

    A Rússia deu início a um exercício naval no mar Negro, paralelo ao exercício multinacional Sea Breeze 2019, organizado conjuntamente pela Ucrânia e pelos Estados Unidos.

    "Um grupo de navios da Frota do Mar Negro continua implementando um conjunto de medidas de controle de atividades dos navios da OTAN envolvidos no exercício naval Sea Breeze-2019 na parte noroeste do mar Negro", declarou o serviço de imprensa do Distrito Militar Sul.

    O comunicado acrescenta que o grupo de navios da Frota do Mar Negro continua acompanhando a atividade dos navios da OTAN envolvidos no exercício naval atualmente em curso no noroeste da bacia.

    Os exercícios navais da Rússia envolvem cerca de dez navios, incluindo os navios pesados de desembarque Azov e Caesar Kunikov, os navios ligeiros de mísseis Orekhovo-Zuevo e Mirazh, as corvetas Ivanovets, Naberezhnye Chelny e R-60. Na fase final do exercício, as tripulações efetuarão lançamentos de mísseis e disparos de artilharia.

    A manobra naval russa está decorrendo em paralelo com o exercício Sea Breeze 2019, organizado conjuntamente pela Ucrânia e pelos Estados Unidos.

    Sequência de interceptações

    Nesta quinta-feira (4), um caça russo Su-27 interceptou, de acordo com as regras internacionais, um avião de reconhecimento Poseidon dos Estados Unidos que se havia aproximado do espaço aéreo russo no mar Negro e que também estava participando dos treinamentos em questão.

    No dia 29 de junho, o Centro Nacional de Controle da Defesa da Rússia informou que as forças da Frota do Mar Negro vigiaram o contratorpedeiro dos EUA USS Carney logo após a sua entrada nas águas no mar Negro.

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia classificou os exercícios da OTAN e Ucrânia como uma tentativa de desestabilizar a situação na região.

    Essas manobras envolvem mais de 3.000 militares, bem como 32 navios e 24 aviões de países da OTAN, tais como os Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Itália, Turquia, Polônia, Bulgária, Grécia, Romênia, Dinamarca, Letônia, Estônia, bem como de países aliados: Emirados Árabes Unidos, Suécia, Ucrânia, Moldávia e Geórgia.

    Os exercícios navais internacionais Sea Breeze-2019 começaram na cidade ucraniana de Odessa, na costa do mar Negro, no dia 1º de julho e decorrerão até 12 deste mês em três áreas da Ucrânia.

    Mais:

    Navios de guerra da OTAN atravessam Bósforo em direção ao mar Negro (Vídeos)
    OTAN calcula frequência de intercepções de aviões russos por sua aviação
    Helicópteros de ataque russos mostram capacidades durante manobras aéreas táticas
    Tags:
    exercício naval, Sea Breeze, mar Negro, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar