21:50 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Sistemas de mísseis russos S-400 na base aérea de Hmeymim, na Síria

    EUA ameaçam Turquia com consequências econômicas antes da entrega dos sistemas russos S-400

    © Sputnik / Dmitry Vinogradov
    Defesa
    URL curta
    13113
    Nos siga no

    Os Estados Unidos têm tentado incansavelmente dissuadir a Turquia de comprar os sistemas russos de defesa antiaérea S-400, entretanto Ancara tem se mostrado determinada em prosseguir com o acordo.

    Ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, disse que Ancara irá adquirir os S-400 apesar das ameaças de sanções por parte dos EUA e da exclusão do país do programa americano F-35.

    O secretário de Defesa interino dos EUA, Mark Esper, advertiu a Turquia que a tão esperada compra de sistemas de defesa antiaérea S-400 irá prejudicar tanto as ambições do país em adquirir caças furtivos F-35, como também trazer consequências econômicas devido à implementação de sanções, informa a agência Reuters, citando um alto funcionário do Departamento de Defesa dos EUA.

    "O secretário de Defesa foi muito firme, mais uma vez, quando disse a Turquia não irá conseguir ter os dois: os S-400 e os F-35. E se eles aceitarem os [sistemas antiaéreos russos] S-400, também terão que aceitar as consequências não só relativamente ao programa dos F-35, mas também para sua situação econômica", disse o alto funcionário, citado após o encontro entre os responsáveis pela Defesa dos EUA e da Turquia nas margens da cúpula da OTAN realizada hoje (26) em Bruxelas.

    Washington ameaçou, em diversas ocasiões, introduzir sanções contra Ancara em conformidade com o Ato Contra Adversários da América Através de Sanções (CAATSA, na sigla em inglês), um ato que surgiu em resposta à alegada interferência da Rússia nas eleições de 2016 nos EUA, caso a Turquia compre os sistemas russos S-400. Os EUA já suspenderam o fornecimento a Ancara de componentes para o caça furtivo F-35.

    Mais:

    Tornado-S aumentará poder e mobilidade das tropas de mísseis russas, diz analista
    Análise: Rússia pode aumentar exportação anual de armas até US$ 20 bilhões
    Tags:
    Rússia, sanções, F-35, S-400, Turquia, Pentágono, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar