16:54 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2111
    Nos siga no

    Anteriormente, um relatório indicou que a indústria de defesa da China havia realizado grandes progressos no desenvolvimento dos motores WS-15 para o caça J-20 de quinta geração da Força Aérea do Exército Popular de Libertação (PLA na sigla em inglês).

    Agora, o jornal Global Times relatou o desenvolvimento bem-sucedido de novos motores não designados para o segundo caça furtivo J-31. Ao contrário do J-20, que foi desenvolvido para ser um avião de supremacia aérea, o papel do J-31 é menos claro.

    O novo motor do J-31 foi desenvolvido por aproximadamente 193 designers e tem apresentado um bom desempenho nos primeiros testes, segundo o portal Military Watch.

    Apesar das incertezas em torno do caça chinês, há a possibilidade de que ele seja comercializado exclusivamente para exportação, ou que seja utilizado para testar tecnologias e conceitos da próxima geração.

    Também é possível que o novo motor seja integrado no novo caça de quinta geração, atualmente em desenvolvimento, sob o Projeto AZM. Assim como o JF-17, grande parte da aeronave deve ser montada no Paquistão e ela seria operada exclusivamente por clientes de exportação.

    Mais:

    Caça de 4ª geração faz China 'esquecer' seu avançado caça J-20, diz especialista
    Caça chinês J-20 foi flagrado em base aérea dos EUA? (FOTOS)
    Recrutamento chinês estaria indicando produção massiva do caça J-20
    Tags:
    China, caças, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar