20:22 21 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Sistema de defesa antiaérea S-400

    Sistemas russos S-400 são incompatíveis com caças F-35, afirma comandante da OTAN na Europa

    © Sputnik / Sergei Pivovarov
    Defesa
    URL curta
    628
    Nos siga no

    Os sistemas de defesa antiaérea S-400 são incompatíveis com os equipamentos da OTAN, incluindo o mais recente caça americano F-35, disse na sexta-feira (7) o general da Força Aérea dos EUA, Todd Walters.

    O general participou do Fórum de Segurança de Bratislava, onde foi convidado a comentar os planos da Turquia de comprar os sistemas russos de defesa antiaérea S-400.

    "O sistema S-400 não é compatível com a OTAN do ponto de vista operacional", disse o general aos participantes do fórum, que foi transmitido nas redes. De acordo com Walters, "a compatibilidade operacional significa que o sistema está ligado aos recursos existentes da OTAN, tanto em termos de comunicações eletrônicas como de comunicação vocal e de instrução do pessoal".

    O problema é que os EUA têm um acordo com a Turquia para fornecer os F-35, que são aviões compatíveis com a OTAN que podem ser usados e ter manutenção em toda a OTAN", disse ele, acrescentando que "é impossível usar o F-35 no cenário de uso de sistemas S-400".

    Segundo ele, a interação dessas armas será uma "tentativa de explorar as capacidades do F-35", e os EUA não querem compartilhar dados sobre as capacidades dessa aeronave.

    Anteriormente, a Turquia disse que não desistiria de seus planos de comprar os S-400 e que o primeiro lote desses sistemas de defesa aérea deveria chegar ao país em julho. Os EUA ameaçam com sanções pela sua possível aquisição e têm dito repetidamente que podem atrasar ou cancelar o processo de venda de caças F-35 à Turquia.

    Mais:

    Erdogan: Oferta dos EUA para compra de sistema Patriot 'não é tão boa quanto o S-400'
    Quais as chances de Turquia rejeitar compra dos S-400 por pressão dos EUA?
    Analista prevê possíveis consequências se Turquia desistir da compra dos S-400 russos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar