02:19 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de um míssil russo (foto de arquivo)

    Putin: após criação da arma nuclear, humanidade está relativamente tranquila

    © Sputnik / Konstantin Chalabov
    Defesa
    URL curta
    7170
    Nos siga no

    Nesta quinta-feira (6), o presidente russo, Vladimir Putin, comentou as questões de possíveis conflitos nucleares. De acordo com ele, após a criação da arma nuclear, a humanidade está relativamente tranquila.

    Segundo o presidente, a história da humanidade está cheia de conflitos, mas após todos eles sempre chegou a paz.

    "É melhor que não se chegue aos conflitos. Após a invenção e criação da arma nuclear, a humanidade está em uma situação de relativa tranquilidade. Relativa, claro, com exceção dos conflitos regionais. A situação de relativa tranquilidade global tem 75 anos, quase 75 anos", disse Vladimir Putin durante um encontro com diretores de agências de notícias internacionais na cidade de São Petersburgo.

    O primeiro aperto de mão entre os presidentes Trump e Putin
    © REUTERS . Steffen Kuggler/Governo Federal da Alemanha
    O presidente russo disse que a sua última conversa com seu homólogo americano, Donald Trump, inspira otimismo, já que o líder dos EUA também está preocupado com os gastos militares em todo o mundo.

    "A minha última conversa com o presidente Trump inspira um certo otimismo, devo dizer. É que Donald me disse que também está preocupado com isso, ele está ciente dos gastos que os  EUA, e todos os restantes países, incorrem com o armamento, dinheiro que poderia ser direcionado para outros fins. Concordo completamente com ele", disse.

    Vladimir Putin concluiu que menosprezar as modernas ameaças e perigos no mundo pode levar a uma catástrofe global.

    "Devemos ter em conta, entender, em que mundo vivemos, que ameaças e perigos enfrentamos. Se não mantivermos esta 'serpente' sob controle, se a deixarmos sair da garrafa- Deus nos livre - tal pode levar a um catástrofe global", afirmou o líder russo.

    Mais:

    Mídia americana aponta que arma da Rússia é mais mortífera que a nuclear
    Arma da Crise do Caribe: o míssil que poderia ter provocado guerra nuclear
    Há ameaça mais perigosa e terrível do que arma nuclear, avisa analista
    Tags:
    Donald Trump, Rússia, EUA, arma nuclear, Vladimir Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar