18:20 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph

    Engenheiros russos e turcos podem começar a testar sistemas S-400 em breve

    © Sputnik / Aleksei Malgavko
    Defesa
    URL curta
    5151

    A instalação dos sistemas de defesa antiaérea russos S-400 na Turquia vai ser realizada em diversas etapas, declara major-general da aviação.

    Sergei Lipovoi, presidente de organização não governamental Oficiais da Rússia e major-general da aviação, comentou o processo de instalação dos sistemas de defesa antiaérea russos S-400 na Turquia, em entrevista à Sputnik Turquia.

    Recentemente o ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar, informou que o país está esperando a chegada de pessoal técnico russo para efetuar a instalação dos S-400.

    Comentando essa notícia, o major-general sublinhou que, em primeiro lugar, para iniciar o trabalho é preciso o contrato de compra destes sistemas, que ambos os países já assinaram e estão pondo em prática.

    "Depois, em conformidade com o contrato, é necessário fabricar e enviar o equipamento por partes para o local de implantação", disse ele.

    "Simultaneamente, os especialistas são selecionados para aprenderem a operar os sistemas, na fábrica ou nos estabelecimentos de ensino apropriados", informou o analista.

    Sergei Lipovoi explicou que, na sequência, após uma comissão verificar que o pessoal é capaz de operar o equipamento, é tomada a decisão de enviar os militares, nesse caso turcos, para o local da instalação.

    A empresa produtora Almaz-Antey prevê um prazo de garantia da exploração dos S-400, sublinhou o major-general.

    Vale ressaltar que os especialistas turcos agora estão na Rússia sendo capacitados em operação dos sistemas e muitos processos estão decorrendo simultaneamente.

    "Em breve, junto com os engenheiros russos, eles vão montar, configurar e testar o sistema. Uma vez que a Turquia espera a chegada em breve dos especialistas russos, isso significa que o pessoal turco está finalizando seu treinamento na Rússia", opina Sergei Lipovoi.

    Após todo o equipamento ser testado e configurado, e após os especialistas turcos mostrarem sua capacidade de operar o equipamento, são assinados os respetivos documentos de entrega, considera ele.  

    Depois disso, o pessoal turco entra no serviço, revela ele, destacando que a Rússia tem bastante experiência no que se refere à venda de equipamento sofisticado.

    "O pessoal do país que compra os sistemas vem sempre passar o treinamento, se for necessário podem usar os simuladores, recebem a permissão para operar os sistemas e depois explora-nos em seu país", explicou ele.

    Sergei Lipovoi sublinhou que, conforme a complexidade do equipamento, a empresa produtora dá um prazo de garantia de ano e meio ou cinco anos. Caso haja algumas falhas, os especialistas russos viajam para configurar ou reparar o equipamento.

    "Mas, como regra, as armas russas funcionam sem falhas, como os Kalashnikov, e mostram ser muito simples e seguras na utilização", concluiu o major-general.

    Mais:

    Alemanha quer fim de acordo da Turquia com a Rússia sobre compra dos S-400
    General turco: sistema S-400 russo é apenas pretexto para retirar Turquia do programa F-35 dos EUA
    Turquia desmente relatos de ultimato dos EUA sobre sistemas russos S-400
    Tags:
    Almaz-Antey, Rússia, Turquia, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar