03:22 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3262
    Nos siga no

    No início desta semana, um piloto de helicóptero da Marinha Real australiana afirmou ter sido atingido por um laser durante os exercícios Indo-Pacific Endeavour 2019, realizado no mar do Sul da China.

    O comandante da Força Aérea Real australiana, Richard Owen, afirmou à ABC que um navio de guerra australiano foi seguido de perto por militares chineses.

    "Isso é controverso, nós estávamos cientes disso. Nós atravessamos do norte ao sul através do mar do Sul da China em águas internacionais e fomos abordados, como somos normalmente, por outras marinhas. Eles queriam saber quem nós somos, onde estamos indo e nossas intenções, e os chineses não foram diferentes, eles foram amigáveis e profissionais", afirmou o oficial australiano.

    Na terça-feira (28), a Associated Press reportou que um piloto de helicóptero da Marinha Real australiana foi atingido por um laser no mar do Sul da China.

    O mar do sul da China é uma grande rota de trânsito, que também é rica em peixes. Além disso, o território é um ponto de desavenças entre China e diversos outros países da região, como Japão, Vietnã e Filipinas.

    A Austrália não disputa o território, embora insista que todas as nações deveriam ter o livre acesso à região.

    Mais:

    Pequim acusa Marinha dos EUA de provocação no mar do Sul da China em meio à guerra comercial
    China teria capacidade 'decisiva' para derrotar Marinha dos EUA
    Marinha dos EUA teria avistado 2 navios chineses durante manobras no mar do Sul da China
    Tags:
    chineses, escolta, mar, Marinha, navio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar