16:48 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Sistemas russos de defesa antiaérea S-400

    Por que Estados Unidos querem tanto impedir acordo russo-turco de S-400?

    © Sputnik / Sergei Malgavko
    Defesa
    URL curta
    3151

    Entrevistados pela edição Turkiye, especialistas revelaram por que EUA querem impedir acordo entre a Rússia e a Turquia da venda de sistemas russos de defesa antiaérea S-400.

    Segundo o especialista em relações internacionais Togrul Ismayil, os EUA têm atitude negativa no que diz respeito a uma aproximação entre Rússia e Turquia, que pode ser notada na Síria.

    Ao mesmo tempo, ele recordou as ações inconsistentes de Washington que se recusa a vender sistemas Patriot ao seu aliado na OTAN e critica Ancara por querer comprar complexos russos S-400. 

    Ismayil observou que a possível recusa da Turquia à compra de sistemas russos S-400 não só atingirá a capacidade de defesa do país, mas também causará sérios danos à imagem turca, já que a desistência seria percebida como resultado da pressão americana.

    Segundo o especialista em segurança Mithat Isik, o S-400 é um dos melhores sistemas de defesa antiaérea do mundo e, portanto, a Turquia precisa dele. Ele acrescentou que agora Ancara e Washington têm posições diferentes sobre o Oriente Médio e o Mediterrâneo Oriental, então os aliados americanos não estão interessados em um reforço tão significativo das capacidades turcas de defesa.

    Já o professor Bilal Sambur afirmou que os EUA estão insatisfeitos com o fortalecimento dos laços entre a Rússia e a Turquia. EUA veem o contrato de S-400 como uma questão de sobrevivência, uma vez que a aquisição destes sistemas pela Turquia minaria o monopólio norte-americano do fornecimento de armas aos membros da OTAN.

    Neste caso, outros países da OTAN podem tentar encontrar um substituto para os contratos dos EUA na China, Índia ou Rússia. Anteriormente, a Turquia declarou não querer renunciar aos seus planos de aquisição de sistemas russos S-400.

    O primeiro lote de S-400, de acordo com os termos do contrato, será fornecido em julho. Os EUA afirmam que os sistemas russos são incompatíveis com as normas da OTAN e ameaçam Ancara com sanções pela eventual aquisição. Além disso, o lado americano ameaçou atrasar a venda ou parar de vender caças F-35 à Turquia.

    Mais:

    Erdogan: EUA não propuseram à Turquia condições mais vantajosas que compra de S-400
    Turquia revela possível resposta a 'punição' dos EUA por compra dos sistemas S-400 russos
    Pentágono pondera substituir Turquia no programa F-35 devido à compra dos S-400
    Tags:
    acordo, Turquia, Rússia, EUA, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar