01:00 26 Maio 2019
Ouvir Rádio
    O torpedo russo Shkval é lançado durante os ensaios das Frotas do Báltico e do Norte (foto de arquivo)

    Marinha dos EUA conseguiria igualar poder de torpedo russo?

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Defesa
    URL curta
    10290

    Mídia questiona capacidade de os EUA desenvolverem um torpedo como o criado pela União Soviética.

    O torpedo VA-111 Shkval (Borrasca), considerado uma das armas mais inovadoras desenvolvidas pela União Soviética, surpreendeu a todos, inclusive os EUA.

    Não é por menos, já que o torpedo é seis vezes mais rápido que seus predecessores, pois conta com um motor de foguete permitindo ao torpedo alcançar uma velocidade de até 500 km/h, conforme a revista The National Interest.

    O torpedo gerou inúmeras questões, já que todos sabem que qualquer torpedo teria de enfrentar o arrasto ao atravessar a água. Entretanto, os militares soviéticos pensaram em uma forma de tirar a água do seu caminho, possibilitando o desempenho veloz do torpedo.

    Para tirar a água do caminho do torpedo, os soviéticos decidiram vaporizar a água líquida em gás, ou seja, à medida que o torpedo avança, ele continua a vaporizar a água situada à sua frente criando uma bolha de gás e, consequentemente, enfrenta um arrasto menor, o que permite ao torpedo alcançar a velocidade de até 500 km/h através do processo de supercavitação.

    O Shkval, de 533 milímetros de diâmetro, foi projetado na década de 1960. O torpedo, que transporta uma ogiva de 208 quilogramas e possui um alcance máximo de 7 quilômetros, teve sua produção em massa iniciada em 1978, no mesmo ano em que entrou em serviço na Marinha soviética.

    As primeiras versões do torpedo aparentemente não eram guiadas, já a versão mais nova do torpedo conta com um método de compromisso, utilizando a supercavitação para percorrer o caminho até ao destino e reduzindo a velocidade para buscar o alvo.

    Perante o poder do torpedo soviético e a necessidade de modernização, os EUA tentam desenvolver algo similar ao Shkval desde 1997, contudo, os norte-americanos não obtiveram sucesso.

    Enquanto isso, os submarinos russos são os únicos do mundo equipados com torpedos de supercavitação.

    Mais:

    BI aponta 'verdadeiro motivo' de criação do torpedo subaquático russo Poseidon
    Novo submarino com torpedos únicos permite à Rússia 'dominar o mundo subaquático'
    Mídia estadunidense avalia capacidades do 'torpedo do apocalipse' russo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar