16:26 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    F-35 da Força Aérea da Noruega

    Custos excessivos dos F-35 dividem parlamento da Noruega, informa mídia

    CC BY 2.0 / Forsvarsdepartementet / Caça F-35
    Defesa
    URL curta
    1290

    O preço demasiado alto dos caças F-35 irá inadvertidamente causar danos a outros setores das forças de defesa norueguesas, alertou um jornal em meios aos custos gigantescos que geraram fortes reações dos partidos da Noruega.

    O custo total do investimento nos F-35 pode ser de cerca de 16 biliões de coroas norueguesas (NOK), cerca de (R$ 7,37 bilhões), o que é muito mais do que foi previamente calculado em 2012, informa o jornal norueguês Bergens Tidende.

    Uma vez que o custo dos caças furtivos e de toda a infraestrutura necessária irá ser pago quase na sua totalidade pelas Forças Armadas, isso quer dizer que anualmente poderão desaparecer NOK 2 bilhões (R$ 913 milhões) do orçamento corrente até 2025.

    "O prosseguimento do plano a longo prazo das Forças Armadas da Noruega irá falhar se o investimento na aeronave de caça for onerado por tal quantia", disse o investigador Stale Ulriksen, da Real Academia Naval, ao Bergens Tidende.

    Suas preocupações foram partilhadas por oficiais no serviço ativo.

    "Não estou vendo como as Forças Armadas irão conseguir financiar este projeto sozinhas. Isto terá um efeito dramático nas capacidades operacionais das Forças Armadas'', opinou Jens Jahren, o chefe da organização de oficiais militares BFO.

    O major-general Morten Klever, diretor do programa do Ministério da Defesa, reconheceu que a probabilidade de serem cumpridos os objetivos das despesas estabelecidos em 2012 é agora mais baixa. Mas isso não significa que eles tenham sido postos de lado, argumentou. Contudo, o Ministério da Defesa retirou do orçamento deste ano o cumprimento dos objetivos das despesas.

    Isso criou agitação entre os partidos noruegueses. Martin Kolberg, membro do Partido Trabalhista, criticou o governo por não informar o parlamento que os objetivos poderiam não ser alcançados.

    Outros representantes da oposição política não pouparam palavras sobre a maior aquisição da defesa da Noruega.

    "Agora temos que puxar o freio de emergência e cancelar a compra dos restantes caças", disse o líder do partido Esquerda Socialista, Audun Lysbakken, ao Bergens Tidende.

    A Força Aérea da Noruega tem reduzido recentemente o número de suas bases aéreas, porém fez grandes investimentos em novas aeronaves. A Noruega já recebeu nove aviões de combate F-35 com o preço por unidade a rondar NOK 1,375 bilhão (cerca de R$ 628 milhões), com outros 7 ainda em testes nos EUA.

    Mais:

    Caça F-35 recém-chegado teria declarado situação de emergência no Reino Unido
    Nova plataforma desenvolvida pela Boeing poderia tornar caça F-35 obsoleto, diz mídia
    Tags:
    forças armadas, Força Aérea, orçamento militar, F-35, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar