03:45 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Uma explosão nuclear (imagem ilustrativa)

    EUA param de divulgar dados sobre seu arsenal nuclear

    CC0 / Pixabay
    Defesa
    URL curta
    0 115
    Nos siga no

    A administração do presidente norte-americano Donald Trump, sem explicar as razões, pôs fim à habitual prática de revelar o número de ogivas nucleares à disposição do país.

    A informação está contida em uma carta do Departamento de Energia dos EUA recém-enviada à Federação de Cientistas Americanos (FAS). Neste documento, os responsáveis americanos se recusaram de divulgar os dados exigidos pelos especialistas, relata a Associated Press.

    Os dados sobre o número de ogivas nucleares foram revelados pela primeira vez durante a presidência de Barack Obama, em maio de 2010, quando as autoridades desclassificaram todo o arsenal nuclear dos EUA acumulado desde 1945. Posteriormente, esses dados foram publicados a pedido dos cientistas.

    A última vez que foram tornados públicos foi em 2018. Segundo a Casa Branca, em setembro de 2017, o arsenal nuclear dos Estados Unidos contava com 3.800 ogivas.

    Na opinião do diretor do projeto de informação nuclear da FAS, Hans M. Christensen, tal decisão da Casa Branca significa que Washington vai parar de pressionar outros Estados a tornarem seu arsenal nuclear mais "transparente".

    Segundo ele, esta é uma decisão incomum porque o governo de Donald Trump tem se oposto repetidamente ao caráter secreto do arsenal nuclear da Rússia e da China em termos de número de ogivas.

    Mais:

    Navios da OTAN liderados por destróier dos EUA entram no mar Báltico
    Assessor de Trump afirma que EUA continuam se apoiando na Doutrina Monroe
    EUA e Japão têm medo de perder segredos do F-35, diz mídia
    Tags:
    arsenal nuclear, ogivas nucleares, transparência, Casa Branca, Donald Trump, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar